Aparelho circulatório dos Vertebrados

O aparelho circulatório é extremamente importante para todos os animais, sendo o coração, um dos primeiros órgãos a se formar no embrião. Através dele é possível transportar e distribuir oxigênio, hormônios e nutrientes para todos os tecidos do corpo, além de remover do sangue o excesso de CO2 e outros resíduos provenientes do metabolismo. O sistema circulatório dos vertebrados é fechado, assim sendo, o sangue não sai em nenhum ponto dos vasos sanguíneos.

Os principais componentes desse sistema são: o coração, as artérias, que normalmente transportam sangue arterial (rico em O2) do coração para o corpo, as veias que transportam sangue venoso (rico em CO2) do corpo para o coração, é importante destacar algumas exceções, como a artéria pulmonar, que leva sangue venoso do coração ao pulmão e veia pulmonar que transporta sangue arterial dos pulmões para o coração. Além disso, há também os capilares, vasos tão finos em que é possível se ter a troca de gases e outras substâncias por difusão. 

Peixes

Na classe dos peixes, o aparelho circulatório possui um circuito simples, pois passa pelo coração apenas uma vez. Ou seja, O sangue venoso (representado em azul) flui do coração para o aparelho respiratório, em que esse sangue será oxigenado e percorrerá os tecidos e voltará para coração. Observe que nesse circuito há a mistura de sangue arterial (representado em vermelho) e venoso. E o coração possui duas câmaras (coração bicavitário): um átrio por onde chega o sangue ao coração vindo de todas as partes do corpo e um ventrículo por onde o sangue sai do coração em direção as brânquias.

Fonte: MOYES, C.D., SCHULTE, P.M. Princípios de fisiologia animal. 2. ed. Artmed Editora. São Paulo, 2010.

Anfíbios

Os anfíbios possuem circulação dupla, passa duas vezes pelo coração. O sangue venoso chega pelo átrio direito, percorre para o ventrículo, é bombeado para os pulmões, volta ao coração pelo átrio esquerdo é transferido novamente para o ventrículo que bombeia esse sangue para a circulação sistêmica. Perceba que o órgão se encontra dividido em três câmaras (coração tricavitário): dois átrios e um ventrículo, de forma que o sangue venoso e o arterial se misturem no ventrículo, tornando a circulação incompleta. Por possuírem um pulmão muito rudimentar, são capazes de realizar também a respiração cutânea.

Répteis

Os répteis não crocodilianos, possuem em geral cinco câmaras no coração, dividos em dois átrios e três ventrículos incompletamente separados (muitos livros consideram o ventriculo como sendo apenas um compartimento, portanto conceituam o coração como sendo tricavitário),  interconectados por septos. A circulação dos répteis é dupla, passando duas vezes pelo coração, como a dos anfíbios e incompleta.

Os crocodilianos (jacarés, crocodilos e aligátor), possuem quatro câmaras no coração completamente divididas por septos musculares, entretanto são capazes de realizar desvios em sua circulação sanguínea via Forma de Panizza, podendo assim, misturar o sangue arterial e venoso principalmente em situação de apnéia (respiração suspensa por um tempo), em que o animal está submerso.

Aves e Mamíferos

O coração dessas duas classes de vertebrados, possuem quatro câmaras completamente divididas (tetracavitário), com circulação dupla e completa, o sangue venoso e arterial não se misturam. O sangue venoso chega ao coração pelo átrio direito, é transferido para o ventrículo direito e bombeado para os pulmões via artéria pulmonar, após oxigenado, esse sangue retorna ao coração pelo átrio esquerdo, é transferido para o ventrículo esquerdo e bobeado via artéria aorta para os tecidos do corpo.

Fonte: MOYES, C.D., SCHULTE, P.M. Princípios de fisiologia animal. 2. ed. Artmed Editora. São Paulo, 2010.

Esse tipo de circulação, é metabolicamente mais eficiente, oferecendo o aporte de oxigênio necessário para as atividades de animais homeotérmicos (animais capazes de produzir o próprio calor).

A única diferente no aparelho circulatório de aves e mamíferos, dá-se na morfologia. A artéria aorta, que sai do ventrículo esquerdo para a circulação sistêmica, nos mamíferos faz uma curvatura para a esquerda e nas aves para direita.

        Sistema Circulatório A) Coração de ave B) Coração de mamífero Fonte: shorturl.at/aBEI7

Acesse o portal InfoEnem e tenha acesso aos melhores conteúdos e informações sobre o Enem 2020!

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

InfoEnem
InfoEnem

Portal InfoEnem - O portal mais completo do Enem.