Classificação das cadeias carbônicas no Enem

Em nossa postagem de hoje, vamos estudar sobre um assunto muito importante para as questões de química no Enem, que são as classificações das cadeias carbônicas. Para isso, além de apresentarmos as classificações destas cadeias utilizando diferentes critérios importantes, vamos apresentar também uma questão retirada do próprio Enem, em que é necessário o conhecimento sobre este tema para solucionar o problema.

A classificação das cadeias carbônicas

As cadeias carbônicas estão presentes de diversas maneiras diferentes nas provas do Enem e vestibulares importantes. Entre as suas aparições, as suas classificações estão presentes em grande parte dos problemas. As cadeias carbônicas são classificadas de acordo com o fechamento da sua cadeia, de acordo com disposição dos átomos na cadeia, em relação aos tipos de ligações e também de acordo com a natureza dos átomos.

Classificação de acordo com o fechamento das cadeias carbônicas

Em relação ao fechamento da cadeia carbônica, podemos classificar as cadeias em abertas, fechadas e mistas:

  • Abertas: As cadeias abertas, que também podem ser denominadas cadeias acíclicas ou alifáticas, possuem duas extremidades (ou mais) e não podem possuir nenhum ciclo ou anel aromático.
  • Fechadas: Já as cadeias fechadas, que também recebem o nome de cadeias cíclicas, possuem os átomos de carbono formando ciclos ou anéis aromáticos, de forma que não existam extremidades livres.
  • Mistas: As cadeias carbônicas mistas são aquelas em que existe pelo menos uma extremidade e também uma parte cíclica.

Classificação de acordo com a disposição dos átomos na cadeia

De acordo com a disposição dos átomos na cadeia, estas podem ser normais ou ramificadas:

  • Cadeias normais: Também denominadas cadeias retas ou lineares, as cadeias normais apresentam apenas duas extremidades.
  • Cadeias ramificadas: Já as cadeias ramificadas são aquelas que possuem mais de duas extremidades.

Classificação de acordo com os tipos de ligações

De acordo com o tipo de ligação entre os carbonos, as cadeias carbônicas são classificadas em saturadas e insaturadas:

  • Saturadas: As cadeias carbônicas saturadas são aquelas em que as ligações entre os carbonos são simples.
  • Insaturadas: Por sua vez, as cadeias insaturadas são aquelas que apresentam pelo menos uma ligação dupla ou tripla entre os carbonos da cadeia.

Classificação de acordo com a natureza dos átomos que existem na cadeia

Para finalizarmos, de acordo com a natureza dos átomos, as cadeias carbônicas podem ser homogêneas ou heterogêneas:

  • Homogêneas: Nas cadeias homogêneas, não existem outros tipos de átomos entre os carbonos.
  • Heterogêneas: Nas cadeias heterogêneas, existe pelo menos um outro elemento entre dois átomos de carbono.

Questão do Enem

Como mencionamos ao longo do texto, entender as diferentes formas de classificação das cadeias carbônicas é fundamental para solucionar alguns problemas da química. A questão a seguir, por exemplo, que foi retirada da primeira aplicação do Enem 2020, utiliza uma das classificações mencionadas acima para solucionar o problema. Aproveite para treinar o conteúdo desta postagem, classificando todas as cadeias mostradas nas alternativas!

“Um microempresário do ramo de cosméticos utiliza óleos essenciais e quer produzir um creme com fragrância de rosas. O principal componente do óleo de rosas tem cadeia poli-insaturada e hidroxila em carbono terminal. O catálogo dos óleos essenciais apresenta, para escolha da essência, estas estruturas químicas:

Qual substância o empresário deverá utilizar?”

a) 1

b) 2

c) 3

d) 4

e) 5

Alternativa correta: A

Acesse o portal InfoEnem e tenha acesso aos melhores conteúdos e informações sobre o Enem 2021!

Por quê, Porquê, Porque e Por que: aprenda a diferença entre cada um para não errar no Enem!

A língua portuguesa é de fato muito rica e por isso traz um grande número de possibilidades para algumas palavras e isso, às vezes, pode causar dúvidas aos falantes de seu idioma. Uma dessas dúvidas mais comuns está ligada ao uso dos “porquês”. Na fala não há motivo nenhum para preocupação, mas na hora da escrita em norma padrão quase sempre é feita uma consulta para saber a diferença entre um e outro e não fazer feio no texto.
https://infoenem.com.br/por-que-porque-porque-e-por-que-aprenda-a-diferenca-entre-cada-um-para-nao-errar-no-enem/

O que é SiSU?

É o sistema informatizado do MEC por meio do qual instituições públicas de ensino superior (federais e estaduais) oferecem vagas a candidatos participantes do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).
https://infoenem.com.br/como-funciona-o-sisu/

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!