Como fazer a conclusão do seu texto na redação do Enem

A conclusão de um texto, seja qual for seu tipo ou gênero, é parte importantíssima do processo de escrita, já que tudo o que escrevemos anteriormente culminará no fecho e, ao chegar nele, o leitor deverá ter compreendido totalmente o que o autor quis dizer (tema abordado, tese, argumentos, estratégias argumentativas, intenções, objetivos, apreciações de valor etc).

A redação do Enem, neste aspecto, possui uma característica específica: uma proposta de intervenção social como um critério de correção. O texto todo deve estar em concordância com a sugestão de solução que o candidato deve apresentar e, portanto, a conclusão da dissertação-argumentativa da prova de redação do Enem é diferente das demais, pois é algo exigido e não apenas uma opção.

Ao dissertarmos, devemos encadear os nossos argumentos e buscar, fundamentalmente, coerência e coesão a fim de atingirmos a conclusão – o parágrafo final do texto – na qual devemos complementar e finalizar a tese que estamos defendendo, o que no caso do Enem deve ser feito por meio da proposta de intervenção social. Assim, a conclusão tem como objetivo não somente fechar o texto, mas fazê-lo dando unidade ao mesmo, fazendo com que o leitor pense que aquilo que leu está completo.

Os manuais mais tradicionais de redação sugerem duas maneiras de se concluir uma dissertação-argumentativa clássica: retomar a tese posta na introdução ou sintetizar, no fecho, os argumentos. Porém, há mais dois outros modos, sobre os quais falaremos adiante. Explicaremos, abaixo, estes quatro tipos de conclusão, mas já adiantamos que não podemos dar exemplos individuais, pois para isso necessitamos de textos integrais.

  1. Síntese da Argumentação 
    Basta, na conclusão, condensar os argumentos principais elencados no desenvolvimento da dissertação-argumentativa. No entanto, é preciso cuidado, pois se não for bem feito, culminará em um texto repetitivo. No caso do Enem, é possível resumir os argumentos e já emendá-los com a proposta de intervenção social, colocando esta como finalidade para se atingir os argumentos.

  1. Voltar à tese e sintetizá-la
    Neste modo, a conclusão atua como um reforço da ideia inicial (tese) que foi desenvolvida e, novamente, o cuidado para não ser prolixo deve ser tomado. No Enem, especificamente, como normalmente os temas são questões e/ou problemas de cunho social, a tese é uma opinião sobre ele e a proposta de intervenção social uma solução para o mesmo e essa relação pode ser posta no fecho do texto.

  1. Proposta de Intervenção Social
    A conclusão pode girar em torno, apenas, das soluções para os problemas que foram abordados ao longo de toda a dissertação-argumentativa, desde que eles sejam viáveis, como já falamos tantas outras vezes. No Enem, isso é obrigação; nos demais, uma boa opção.

  1. Interrogar ou apresentar algo novo
    O objetivo maior do texto pode ser fazer com que o leitor reflita criticamente acerca do tema abordado e, para tanto, na conclusão, pode ser apresentado algo novo ou haver questionamentos que façam com que haja reflexão.

Obviamente há outros modos de se encerrar uma redação e nós, como autores de nossos textos, temos liberdade para concluirmos nossos pensamentos; apenas devemos pensar em como o leitor receberá e compreenderá, ao todo, o que dissemos. Abaixo, um exemplo de redação nota 1000 do Enem 2013, cujo tema da prova de produção textual foi os efeitos da implementação da Lei Seca no Brasil.

camila

  Nesta redação, as propostas de intervenção social estão no penúltimo parágrafo da dissertação-argumentativa e a conclusão retoma o título e o segundo parágrafo (os quais estão relacionados entre si, já que o título refere-se a um conceito de Hobbes) que, por sua vez, corrobora a tese da candidata. Portanto, em seu fecho, esta candidata volta ao título, à tese e ao seu argumento principal sem ser prolixa e de uma maneira forte, com personalidade.

Exemplo de redação extraído de http://educacao.uol.com.br/noticias/2014/04/07/confira-exemplos-de-redacoes-nota-1000-do-enem-2013.htm em 26/05/2014.

Ainda tem dúvidas? Então assista o vídeo abaixo resumindo os 4 modos citados:

 


*CAMILA DALLA POZZA PEREIRA é graduada e mestranda em Letras/Português pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Atualmente trabalha na área da Educação exercendo funções relacionadas ao ensino de Língua Portuguesa, Literatura e Redação. Foi corretora de redação em em importantes universidades públicas. Além disso, também participou de avaliações e produções de vários materiais didáticos, inclusive prestando serviço ao Ministério da Educação (MEC).

**Camila também é colunista semanal sobre redação do infoEnem. Um orgulho para nosso portal e um presente para nossos milhares de leitores! Seus artigos serão publicados todas às quintas-feiras, não percam!

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

InfoEnem
InfoEnem

Portal InfoEnem - O portal mais completo do Enem.