Compreendendo a Divisão dos Períodos Históricos

Todos sabemos da importância da história nos dias atuais. É através da história que se permite o estudo dos hábitos e costumes dos povos, desde os tempos mais antigos até os dias de hoje. Além disso, a sua análise permite o reconhecimento de aspectos que melhoram em detrimento de outros. A história se inicia a partir de 4000 anos a.C. com a invenção da escrita, e dura até hoje. Percebe-se então a importância dos registros que podem indicar hábitos de 6 mil anos atrás! Com base nisso, em nossa postagem de hoje vamos estudar a divisão dos períodos históricos.

Mas por que dividir a história em períodos? Esta deve ser uma das primeiras perguntas feitas por você. E a resposta é simples: a organização em períodos facilita a compreensão, permite a inclusão de grandes acontecimentos da história mundial em blocos de tempo, indica características singulares de cada momento histórico e acentua o processo de transição entre as idades, o que normalmente acarreta grandes mudanças nos hábitos dos povos existentes. Atualmente a história está dividida em 4 grandes períodos: idade antiga, idade média, idade moderna e idade contemporânea. Vamos estudar cada uma das idades a seguir.

Idade antiga

O primeiro período da história é denominado idade antiga. E também é o maior dos períodos históricos que vamos mencionar. A idade antiga durou de 4000 a.C., onde se deu início a história com a invenção da escrita, e perdurou até o ano de 476 d.C., que foi o ano em que ocorreu a queda do Império Romano.  Para caracterizar a idade antiga, podemos separar em duas antiguidades, a oriental e a ocidental.

A antiguidade oriental foi marcada pelo aparecimento dos primeiros povos civilizados, entre eles os egípcios, fenícios, hebreus e mesopotâmicos. Esses grupos possuíam sua economia fortemente baseada na agricultura. Já a frente ocidental antiga compreende dois povos principais: os gregos e os romanos, que foram marcados por um grande desenvolvimento comercial, em especial sobre a rota do mar mediterrâneo.

Idade média

A idade média surge com o fim da idade antiga, ou seja, o marco de início da idade média é a queda do Império Romano.  O fim da idade média se deu com a tomada de Constantinopla, em 1453.

Durante a idade média, ocorreu o fortalecimento da igreja, sendo dominante sobre todos os aspectos espirituais da comunidade medieval. Além disso, os castelos serviam como centro da vida dos senhores feudais, que eram sustentados pelos servos agricultores.

Outro povo que merece destaque durante a idade média são os árabes, os quais desenvolveram técnicas que utilizamos até hoje, como o nosso sistema de numeração.

Idade moderna

A idade moderna se inicia com a tomada de Constantinopla (1453) e permanece até 1789, ano em que ocorre a Revolução Francesa. A idade moderna é marcada pelas grandes navegações, que permitiram a descoberta de terras ainda nem imaginadas, assim como o fortalecimento da burguesia. Outros pontos de destaque desse período histórico são o surgimento do Protestantismo e do Renascentismo.

Idade contemporânea

A idade contemporânea é o último e atual dos períodos históricos. Surgiu em 1789 com a Revolução Francesa e permanece até os dias atuais. É marcada pelo maior desenvolvimento do comércio, indústria e ciência, além do surgimento das classes operárias e da classe industrial. Além disso, foi durante a idade contemporânea que ocorreram as duas grandes guerras mundiais.

 

A Revolução Francesa é o marco da transição da idade moderna para a contemporânea. “A Liberdade guiando o povo”, de Eugène Delacroix.

 

Com isso, estudamos em nossa postagem de hoje sobre os períodos históricos. É importante conhecer os marcos de transição entre as idades, uma vez que são acontecimentos muito importantes para a história e que podem ser cobrados em provas do Enem!

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

InfoEnem
InfoEnem

Portal InfoEnem - O portal mais completo do Enem.