Confira as Faculdades Participantes do Sisu 2022

Conforme as datas do Sisu 2022/1 se aproximam, as expectativas dos alunos aumentam e a procura pelos cursos e instituições tendem a aumentar ainda mais. Aliado a isso, quanto mais próximos da data de início do Sisu, mais informações são divulgadas, como a lista com todas as instituições que irão participar do programa. Sendo assim, vamos apresentar a seguir todas as instituições que participarão do Sisu 2022/1, organizadas por estado e segundo as informações trazidas pelo próprio portal do Sisu.

Acre

  • Universidade Federal do Acre – UFAC.

Alagoas

  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Alagoas – IFAL.
  • Universidade Federal de Alagoas – UFAL.
  • Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas – UNCISAL.
  • Universidade Estadual de Alagoas – UNEAL.

Amapá

  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amapá – IFAP.
  • Universidade Federal do Amapá – UNIFAP.

Amazonas

  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas – IFAM.

Bahia

  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia – IFBA.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano – IFBAIANO.
  • Universidade Estadual de Feira de Santana – UEFS.
  • Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – UESB.
  • Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC.
  • Universidade Federal da Bahia – UFBA.
  • Universidade Federal do Oeste da Bahia – UFOB.
  • Universidade Federal do Recôncavo da Bahia – UFRB.
  • Universidade Federal do Sul da Bahia – UFSB.
  • Universidade do Estado da Bahia – UNEB.

Ceará

  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – IFCE.
  • Universidade Federal do Ceará – UFC.
  • Universidade Federal do Cariri – UFCA.
  • Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira – UNILAB.

Distrito Federal

  • Escola Superior de Ciências da Saúde – ESCS.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília – IFB.

Espírito Santo

  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo – IFES.
  • Universidade Federal do Espírito Santo – UFES.

Goiás

  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano – IFGOIANO.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás – IFG.
  • Universidade Federal de Catalão – UFCAT.
  • Universidade Federal de Goiás – UFG.
  • Universidade Federal de Jataí – UFJ.

Maranhão

  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão – IFMA.
  • Universidade Federal do Maranhão – UFMA.

Mato Grosso

  • Universidade Federal do Mato Grosso – UTMT.
  • Universidade Federal de Rondonópolis – UFR.
  • Universidade do Estado de Mato Grosso Carlos Alberto Reyes Maldonado – UNEMAT.

Mato Grosso do Sul

  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul – IFMS.
  • Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul – UEMS.
  • Fundação Universidade Federal da Grande Dourados – UFGD.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS.

Minas Gerais

  • Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais – CEFET/MG.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais – IFSMG.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais -IFMG.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais – IFNMG.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais – IFSEMG.
  • Universidade do Estado de Minas Gerais – UEMG.
  • Universidade Federal de Juiz de Fora – UFJF.
  • Universidade Federal de Lavras – UFLA.
  • Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG.
  • Universidade Federal de Ouro Preto – UFOP.
  • Universidade federal de São João Del Rei – UFSJ.
  • Universidade Federal do Triângulo Mineiro – UFTM.
  • Universidade Federal de Uberlândia – UFU.
  • Universidade Federal de Viçosa – UFV.
  • Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri – UFVJM.
  • Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL.
  • Universidade Federal de Itajubá – UNIFEI.
  • Universidade Estadual de Montes Claros – UNIMONTES.

Pará

  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará – IFPA.
  • Universidade Federal Rural da Amazônia – UFRA.
  • Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará – UNIFESSPA.

Paraíba

  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba – IFPB.
  • Universidade Estadual da Paraíba – UEPB.
  • Universidade Federal de Campina Grande – UFCG.
  • Universidade Federal da Paraíba – UFPB.

Paraná

  • Universidade Estadual de Londrina – UEL.
  • Universidade Estadual de Maringá – UEM.
  • Universidade Estadual do Norte do Paraná – UENP.
  • Universidade Federal do Paraná – UFPR.
  • Universidade Estadual do Paraná – UNESPAR.
  • Universidade Estadual do Centro Oeste – UNICENTRO.
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR.

Pernambuco

  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano – IFSERTAO.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco – IFPE.
  • Universidade Federal do Agreste de Pernambuco – UFAPE.
  • Universidade Federal de Pernambuco – UFPE.
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRPE.
  • Fundação Universidade Federal do Vale do São Francisco = UNIVASP.
  • Universidade de Pernambuco – UPE.

Piauí

  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí – IFPI.
  • Universidade Estadual do Piauí – UESPI.
  • Universidade Federal do Delta do Paraíba – UFDPAR.
  • Universidade Federal do Piauí – UFPI.

Rio de Janeiro

  • Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca – CEFET/RJ.
  • Escola Nacional de Ciências Estatísticas – ENCE.
  • Faculdade de Educação Tecnológica do Estado do Rio de Janeiro – FAETERJ.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense – IFFLUMINENSE.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro – IFRJ.
  • Instituto Superior de Educação Professor Aldo Muylaert – ISEPAM.
  • Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro – ISERJ.
  • Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro – UENF.
  • Centro Universitário Estadual da Zona Oeste – UEZO.
  • Universidade Federal Fluminense – UFF.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ.
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro – UFRRJ.
  • Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – UNIRIO.

Rio Grande do Norte

  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte – IFRN.
  • Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN.
  • Universidade Federal Rural do Semi-árido – UFERSA.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN.

Rio Grande do Sul

  • Universidade Federal do Rio Grande – FURG.
  • Universidade Estadual do Rio Grande do Sul – UERGS.
  • Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre – UFCSPA.
  • Universidade Federal de Pelotas – UFPEL.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS.
  • Universidade Federal de Santa Maria – UFSM.
  • Fundação Universidade Federal do Pampa – UNIPAMPA.

Roraima

  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima – IFRR.
  • Universidade Federal de Roraima – UFRR.

Santa Catarina

  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense – IFCATARINENSE.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina – IFSC.
  • Fundação Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC.
  • Universidade Federal da Fronteira Sul – UFFS.
  • Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC.

São Paulo

  • Fundação Universidade Federal do ABC – UFABC.
  • Universidade Federal de São Carlos – UFSCAR.
  • Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP.
  • Universidade de São Paulo – USP.

Sergipe

  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe – IFS.
  • Universidade Federal de Sergipe – UFS.

Tocantins

  • Fundação Universidade Federal do Tocantins – UFT.

Acesse o portal InfoEnem e tenha acesso aos melhores conteúdos e informações sobre o Enem 2022!

Por quê, Porquê, Porque e Por que: aprenda a diferença entre cada um para não errar no Enem!

A língua portuguesa é de fato muito rica e por isso traz um grande número de possibilidades para algumas palavras e isso, às vezes, pode causar dúvidas aos falantes de seu idioma. Uma dessas dúvidas mais comuns está ligada ao uso dos “porquês”. Na fala não há motivo nenhum para preocupação, mas na hora da escrita em norma padrão quase sempre é feita uma consulta para saber a diferença entre um e outro e não fazer feio no texto.
https://infoenem.com.br/por-que-porque-porque-e-por-que-aprenda-a-diferenca-entre-cada-um-para-nao-errar-no-enem/

O que é SiSU?

É o sistema informatizado do MEC por meio do qual instituições públicas de ensino superior (federais e estaduais) oferecem vagas a candidatos participantes do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).
https://infoenem.com.br/como-funciona-o-sisu/