Conheça as melhores estratégias para uma sessão de estudos para o Enem

Alguns dias atrás postamos um artigo contendo três técnicas de estudo obrigatórias para quem vai prestar o Enem, as quais devem ser aplicadas ao longo de todo o ano de preparação. Na ocasião, citamos o constante acompanhamento e atualização dos principais acontecimentos no Brasil e no mundo, a escrita de uma redação por semana e também a realização de simulados e resolução de provas anteriores do exame.

No texto de hoje traremos as principais estratégias para que você aplique em cada sessão diária de estudo. Fazer resumos, grifar as palavras / frases mais importantes e fazer associações com músicas ou objetos para otimizar a memória podem até ajudar, mas certamente não são as práticas mais eficientes para fixar os conteúdos abordados.

Veja na lista abaixo os métodos que são comprovadamente mais eficazes durante suas horas de estudo e preparação para o Enem e qualquer outro concurso ou prova desta grandeza.

Auto-explicação – Basicamente consiste na prática de, durante a leitura e aprendizado de um novo processo ou conteúdo, fazer pequenas pausas e explicá-lo para si mesmo e com suas próprias palavras. Esta técnica é mais eficiente para conteúdos teóricos (que não envolvem cálculos) e, de acordo com alguns estudos, é mais efetiva se aplicada durante o aprendizado, e não após o término do estudo.

Prática distribuída de estudos – Nada mais é do que a elaboração de um cronograma de estudos no qual cada disciplina será abordada com uma determinada frequência, intercalando-se com as outras. Trazendo para um exemplo prático, esta estratégia prega que você NÃO deve estudar matemática isoladamente durante uma semana, sendo que o ideal é estudá-la uma ou duas vezes neste período, fazendo o mesmo com as outras disciplinas. Algo que pode ajudar muito a seguir este método é a criação de um cronograma de estudos. Se você ainda não fez o seu, saiba como aqui.

Realização de listas de exercícios e testes práticos – Esta é, seguramente, a mais eficiente das estratégias deste texto. Utilizar apenas os recursos anteriores durante uma sessão de estudo não surtirá muito efeito se você não aplicar este último. Para fixar, de fato, uma matéria ou conteúdo estudado, é necessário resolver listas de exercícios e testar seus conhecimentos sobre o assunto. Obviamente tal prática deve vir acompanhada, no mínimo, de um gabarito para que você possa fazer a correção e entender o que e onde errou. Essa técnica é de suma importância para todas as disciplinas, mas em especial para ciências exatas. Quanto mais você praticar, mais irá se aperfeiçoar em cada conteúdo.

E é exatamente com foco nesta última estratégia que elaboramos nossas Apostilas para o Enem 2014, que trazem TODAS questões das últimas 5 provas do exame (2009 a 2013) para que você resolva e depois confira as soluções, explicações e comentários de nossos professores.

Clique aqui para ver exemplos do conteúdo do nosso material.

Essas foram nossas recomendações do dia. Se ainda não se utiliza de todos estes métodos em sua rotina de estudos, saiba que agora é hora de começar. Se já o faz ou conhece outro recurso que não informamos no texto, fique a vontade para deixar seu comentário!

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

InfoEnem
InfoEnem

Portal InfoEnem - O portal mais completo do Enem. 10 anos abordando os principais assuntos do maior vestibular do país. - Artigos; - Notícias; - Apostilas; - Cursos On-line.