Conheça seus pontos fortes e fracos no Enem

Vai iniciar seus estudos para o próximo Enem? Antes de estruturar seu cronograma, é importante conhecer seus pontos fortes e fracos. Afinal, ter conhecimento de tais pontos o ajudará a definir prioridades e elaborar um plano de estudos realmente eficiente. Caso queira olhar tudo isso como se fosse um plano de guerra, sem problemas! De fato, essas visões devem ser bem semelhantes, pois ambas exigem muita disciplina e uma boa estratégia.

Sendo assim, vamos as dicas:

Os pontos fortes

Suas fortalezas são aquelas matérias que você mais gosta e consegue boas notas. Para observar isso, basta olhar seu histórico escolar do Ensino Médio, suas notas no último Enem, a quantidade de acertos em simulados, etc. Essa é a parte fácil! O único alerta é que não subestime essas disciplinas apenas porque você é bom nelas. Sempre há mais coisas a aprender e, principalmente, é imprescindível continuar praticando nesses pontos já conhecidos para que não haja esquecimento.

Os pontos fracos

Aqui temos exatamente o oposto. Faça as mesmas observações e encontre suas piores notas e pontuações. É essencial estar ciente do que você não sabe. Só assim poderá buscar entender tais conteúdos. Para aumentar o conhecimento, os pontos fracos não podem ser deixados de lado e, sim, superados.

Os pontos úteis

Se você já sabe qual o curso e a faculdade de sua preferência a ser aprovado, se informe sobre os pesos das notas. Se ainda não sabe, pelo menos você já deve ter ideia da área que deseja seguir. Por exemplo, se deseja fazer um curso na área de engenharia, independente de qual curso exato escolher, deve saber que as questões de exatas devem valer mais no vestibular para esse curso. No caso do Enem, os cadernos de Matemática e Ciências da Natureza podem ter um peso maior na composição da nota para a faculdade nesse curso. E assim por diante. Dessa forma, as disciplinas que se relacionam com seu curso desejado são pontos úteis.

Definindo as prioridades

Então, o que fazer? Busque analisar se os pontos úteis são seus pontos fortes ou fracos. Se forem os fracos, terá que focar muito, mas muito mesmo, neles. Caso contrário, poderá fazer um estudo mais equilibrado. Tudo isso vai depender muito de cada caso e essa análise só cabe a você. Não se influencie por colegas de estudo. Analise bem para ter certeza de qual tipo de estudo você fará esse ano. Cada estudante precisa ter um plano de estudos individual, levando em consideração seu próprio grau de conhecimento e afinidade com as disciplinas.

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Fernando Buglia
Fernando Buglia

Físico formado pela Unicamp, professor de cursinho pré-vestibular e um dos proprietários do portal infoEnem.