Dez orientações para uma dissertação-argumentativa nota 1000 na redação do Enem

Escrever não é uma tarefa fácil; escrever um texto nota 1000, no Enem ou em qualquer vestibular, é mais difícil ainda, pois o candidato deve preocupar-se com a proposta de redação, em atingir as expectativas das bancas elaboradora e corretora e em redigir, no nosso caso, uma dissertação-argumentativa que supere a média de seus concorrentes, já que o único meio de adentrar às universidades brasileiras é, ainda, os processos seletivos.

O processo de ensino-aprendizagem da produção textual é eterno: começa na alfabetização e não para mais, pois sempre iremos aprender coisas novas em relação a escrita, já que em cada momento de nossas vidas e em cada esfera de circulação social (esfera íntima, escolar, acadêmica, profissional, científica etc) devemos escrever diferentes gêneros e tipos textuais.

No momento de prestar o Enem e outra prova que requer uma dissertação-argumentativa, este tipo textual é o objetivo e, na publicação de hoje, daremos dez orientações para que você, leitor, escreva uma redação nota 1000. São dicas em relação a aspectos fundamentais e importantes que, por sua vez, devem ser levados em conta na preparação e no dia dos exames.

1. Estética: uso adequado das margens, das linhas e limpeza
Quando a professora nos anos iniciais do Ensino Fundamental insistia em entregarmos textos limpos e alinhados, aposto que muita gente reclamava e pensava ser isso uma bobagem, mas ela tinha toda a razão. A estética é um aspecto essencial em uma redação, pois ela deve ser legível para o corretor e para qualquer leitor. Além disso, usar as margens da folha definitiva da prova é fundamental para o melhor aproveitamento da mesma, pois perder espaço por não usar adequadamente as margens e não saber espaçar parágrafos, por exemplos, são erros primários que não podem ser cometidos por alunos de nível Médio.

2. Título significativo e introdução que apresenta o tema com eficiência
Apesar do Enem, em seu Guia do Participante 2013, afirmar que o título é um item opcional, acreditamos que ele é parte integrante de uma dissertação-argumentativa e deve sim ser colocado e de maneira significativa, de modo que chame a atenção do leitor e que estabeleça algum tipo de relação com o que foi dito na redação.

Como você, candidato ao exame, deve ter em mente que todo e qualquer leitor deve ler e compreender seu texto, e não apenas o corretor, o tema deve ser apresentado a ele, na introdução, com eficiência, pois o leitor deve conhecer a proposta de redação por meio do seu texto. Assim, a introdução deve, como o próprio nome diz, introduzir de forma clara e objetiva o tema da proposta de redação ao leitor.

3. Adequação ao tema e à proposta com estabelecimento de relações com outras situações e leituras
Toda e qualquer redação deve estar escrita de acordo com o tema e com o recorte estabelecidos pela proposta. Textos que fogem ao tema, parcial ou totalmente, demonstram que o candidato não entendeu o que era para ser feito. Atender à proposta de redação é o mínimo que se espera de uma redação.

Textos acima da média superam as expectativas por trazerem relações e estratégias argumentativas inesperadas no bom sentido, de forma singular, pois traçam paralelos, comparações, exemplificações do tema com outras situações e leituras.

4. Dados na dissertação: há escolha dos elementos da proposta, argumentos críticos e relações consistentes
No entanto, não basta relacionar o tema com outras situações, leituras e diversas áreas do conhecimento se isto não é feito de maneira consistente. Há textos que trazem muitas informações, mas nada dizem, de fato, pois não foi realizada, por parte do autor, uma escolha adequada dos elementos da proposta e, consequentemente, os argumentos não são críticos e as relações consistentes. O “menos” é “mais”: esta máxima para a moda serve também para redações.

5. No desenvolvimento, a utilização dos recursos coesivos é sofisticada, clara e diversificada
Esta dica é semelhante à competência do Enem acerca dos recursos linguísticos empregados na redação. Os efeitos de sentido devem estar postos de maneia sofisticada, clara e diversificada.

6. Há coerência interna e externa, ótima articulação e progressão adequada entre as ideias (paragrafação)
O texto deve ter coerência interna (entre as ideias nele contidas) e externa (entre ele e a realidade, ou seja, ser verossímil), ser articulado e ter progressão, isto é, fazer sentido para o leitor.

7. A concordância, regência e colocação estão de acordo com a norma culta da língua
Toda a redação deve estar escrita segundo a norma culta da Língua Portuguesa e isso significa, dentre outras coisas, seguir regras de concordância, regência, conjugação verbal, ortografia, acentuação, colocação etc.

8. Vocabulário variado, demonstrando uso pessoal do léxico e boa adequação gramatical
O candidato ao Enem deve demonstrar ter um vocabulário diversificado e adequado ao tema proposto, sem repetição excessiva de palavras.

9. A conclusão retoma a tese e explora adequadamente as estratégias de finalização
Conclusão que retoma a tese, como já abordamos em outras publicações, é apenas uma das maneiras de se concluir uma dissertação-argumentativa. O importante em relação a conclusão é que esta parte do texto, de fato, finalize-o da melhor maneira possível.

10. Cumprimento do tipo e/ou gênero, com adequação à estrutura textual
A prova de redação do Enem requer uma dissertação-argumentativa e, assim, o candidato deve escrever este tipo textual. Não adianta atender ao tema se não escrever o tipo textual ou o gênero exigido.

Até a próxima semana!

 


*CAMILA DALLA POZZA PEREIRA é graduada e mestranda em Letras/Português pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Atualmente trabalha na área da Educação exercendo funções relacionadas ao ensino de Língua Portuguesa, Literatura e Redação. Foi corretora de redação em em importantes universidades públicas. Além disso, também participou de avaliações e produções de vários materiais didáticos, inclusive prestando serviço ao Ministério da Educação (MEC).

**Camila também é colunista semanal sobre redação do infoEnem. Um orgulho para nosso portal e um presente para nossos milhares de leitores! Seus artigos serão publicados todas às quintas-feiras, não percam!

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

InfoEnem
InfoEnem

Portal InfoEnem - O portal mais completo do Enem. 10 anos abordando os principais assuntos do maior vestibular do país. - Artigos; - Notícias; - Apostilas; - Cursos On-line.