No primeiro dia de prova do Enem, os estudantes resolvem, além de ciências da natureza, questões das ciências humanas e suas tecnologias. E quando analisamos os possíveis assuntos de ciências humanas (basicamente das disciplinas de história e Geografia), os problemas ambientais são presenças “mais que garantidas” na prova.

E você, caro estudante/leitor, está realmente preparado para não cometer equívocos e acertar os exercícios que certamente aparecerão sobre esses assuntos?

Aparentemente sim, não é? Afinal, esses assuntos acabam não assustando muito os candidatos, principalmente por serem bastante comentados na mídia e em salas de aula.

E é justamente nesse ponto que mora o perigo! A autoconfiança nas questões relacionadas com problemas ambientais pode levar a uma leitura desatenta do enunciado e, na hora de comparar com gabarito oficial, levar o estudante à uma (desagradável) surpresa! “Não acredito! Errei por besteira!” Infelizmente esses comentários são extremamente comuns após as provas e levam a perda de pontos importantíssimos.

Vamos usar como exemplo uma questão que apareceu no Enem de 2011 para discorrer um pouco mais de como você deve agir quando encontrar uma questão que fale sobre problemas ambientais na prova de ciências humanas e suas tecnologias.

_________________________

Um dos principais objetivos de se dar continuidade às pesquisas em erosão dos solos é o de procurar resolver os problemas oriundos desse processo, que, em última análise, geram uma série de impactos ambientais. Além disso, para a adoção de técnicas de conservação dos solos, é preciso conhecer como a água executa seu trabalho de remoção, transporte e deposição de sedimentos. A erosão causa, quase sempre, uma série de problemas ambientais, em nível local ou até mesmo em grande áreas.

GUERRA. A. J. T. Processos erosivos nas encostas. In: Guerra. A J. T. Cunha, S. B. Geomorfologia: uma atualização de bases e conceitos. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil. 2007 (adaptado).

A preservação do solo, principalmente em áreas de encostas, pode ser uma solução para evitar catástrofes em função da intensidade de fluxo hídrico. A prática humana que segue no caminho contrário a essa solução é

A) a aração.             B) o terraceamento.                 C) o pousio.                D) a drenagem.               E) o desmatamento.

_________________________

Antes de falarmos um poucos mais sobre as estratégias para não cometer erros infantis nesse tipo de questão, vamos ver a resolução e os comentários do Professor Bruno Picchi referente ao exemplo acima.

 

Resolução e comentários:

Alternativa E

Problemas oriundos da degradação dos solos não são recentes, pois mesmo antes da intensa ação humana tais problemas já existiam, sendo causados exclusivamente por elementos naturais. Entretanto, atualmente, a preocupação em relação à degradação dos solos tem sido cada vez mais eminente, tendo em vista a intensiva e nociva ação humana. E uma das ações antrópicas mais nocivas é sem dúvida o grande avanço do desmatamento, provocados principalmente com o intuito de se obter propriedades voltadas ao plantio de produtos agrícolas ou de pastagens.

A retirada da vegetação natural gera uma série de problemas ambientais, pois é a vegetação a principal responsável pela diminuição do impacto direto das gotas de água provindas das chuvas no solo, causando o atrito direto e consequentemente a destruição da camada superior da superfície.

Além disso, a vegetação é responsável também por não permitir que toda a água provinda das chuvas escoe na superfície, e boa parte seja infiltrada no solo, evitando o carregamento excessivo de partículas que podem causar processos erosivos extremamente grandes, gerando grandes impactos ambientais e socioeconômicos de difícil solução. Preservar áreas florestais e investir em reflorestamento é uma das maneiras de se minimizar a incidência desses impactos.

 

*Essa resolução foi retirada das Apostilas preparatórias para o Enem 2013, que trazem as últimas 4 edições do exame resolvidas e comentadas pelos melhores professores do país. Clique aqui para adquirir suas apostilas.

Dois pontos aqui merecem atenção:

  1. Fique atento para perceber que as questões sobre problemas ambientais dentro da prova de ciências humanas sempre irão ressaltar a interferência humana nesses problemas. Tanto interferências negativas como positivas, provenientes principalmente do progresso e expansão das cidades. Questões de problemas ambientais que exigem dos candidatos conhecimentos mais técnicos (como conhecer uma reação química) geralmente estarão inseridas na prova de ciências da natureza.
  2. Como sempre, muita atenção na leitura. Neste exemplo, o enunciado dá uma dica escandalosa! “A preservação do solo, principalmente em áreas de encostas, pode ser uma solução para evitar catástrofes em função da intensidade de fluxo hídrico.” Qual interferência humana vai contra essa solução? Claro que é o desmatamento!

Portanto, para se dar bem em questões referentes a problemas ambientais, é necessário conhecer a problemática (estude todas que puder!), conseguir entender como o homem interfere (de maneira positiva ou negativa) na situação e NUNCA subestimar a questão. Quando você lê atentamente o texto, além de minimizar (e muito!) a chance de errar por besteiras, muitas vezes irá “pescar” dicas no próprio enunciado.

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

InfoEnem
InfoEnem

Portal InfoEnem - O portal mais completo do Enem. 10 anos abordando os principais assuntos do maior vestibular do país. - Artigos; - Notícias; - Apostilas; - Cursos On-line.