Diferença Entre Refugiado, Requerente de Asilo e Imigrante

Numa realidade em que a informação pode ser propagada de forma instantânea de qualquer ponto do planeta a outro, diversos fatores, como diferença de qualidade de vida e guerras civis, fazem com que muitas pessoas optem por abandonar sua terra natal em busca de novas oportunidades.

Como deve saber, esse deslocamento populacional tem muita relevância no cenário mundial. Tanto que, como consequência, ganha o noticiário no mundo todo. E se gera notícias tão importantes, obviamente o Enem e os vestibulares cobram dos candidatos o conhecimento e até seus posicionamentos! Lembra do tema da redação do Enem 2012, Movimento imigratório no Brasil do século XXI? Justamente por isso é muito importante se manter informado sobre os principais movimentos em massa que estão ocorrendo atualmente, evitando ser pego com calça curta numa questão e, muito menos, num tema de redação na hora do exame nacional.

Antes disso, acreditamos que seja ais interessante mostrar a diferença entre os conceitos de refugiado, requerente de asilo e imigrante. Vamos lá?

Refugiado

Conforme as Nações Unidas, é considerado refugiado alguém que deixou seu país de origem por sofrer perseguição e preconceitos, seja pela raça, nacionalidade, participação em determinados grupos sociais ou ter opinião política. Pessoas nesta situação não possuem nenhuma proteção do próprio Estado, sendo que, em muitos casos, é seu próprio governo que representa ameaça. Sendo reconhecidas como refugiadas, elas têm proteção assegurada por meio de leis e convenções internacionais, além do apoio da ACNUR (Agência da ONU para refugiados), recebendo alimentação, abrigo e segurança.

Requerente de asilo

Este termo é utilizado para definir aqueles que não são considerados refugiados nem necessitados de qualquer outra forma de proteção internacional, como uma autorização de residência por exemplo, podendo inclusive ser enviados de volta para seus países de origem. Na prática, o requerente de asilo é aquela pessoa que afirma ser refugiada, porém ainda não teve seu pedido avaliado definitivamente. Muitas vezes os conceitos se confundem.

Imigrante

Da mesma forma que as pessoas que estão nas situações anteriores, o imigrante também deixa sua pátria, porém a diferença é o motivo do abandono. Estes optam pela nova nação para melhorar as perspectivas econômicas de si e suas famílias, enquanto que nos outros casos o deslocamento ocorre para preservação da integridade física e liberdade.

Em breve traremos novo artigo com indicações de leitura para você se atualizar sobre o assunto. Até a próxima!

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Fernando Buglia
Fernando Buglia

Físico formado pela Unicamp, professor de cursinho pré-vestibular e um dos proprietários do portal infoEnem.