Não é mais novidade para ninguém que o governo pretende realizar duas edições do enem por ano. Agora, se essa vontade vai ser concretizada já em 2013, é outra história.

Segundo o site da Universia Brasil, em um evento que aconteceu nesta quarta-feira (21), em São Paulo, o Ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse que ainda não é possível confirmar que o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) tenha duas edições no próximo ano.

“Por enquanto, nós estamos trabalhando com a segunda edição deste ano, que vai acontecer nos próximos dias 3 e 4 para os presos e para casos especiais, como a menina que teve um filho no dia da prova”, esclareceu.

Mercadante aproveitou para ressaltar a importância do exame para o desenvolvimento da educação no país. Segundo o ministro, “as principais economias do mundo têm exames semelhantes ao Enem. A prova é o único critério republicano de igualdade e oportunidade, para que todos tenham a mesma chance de acesso ao ensino superior”.

Mercadante aproveitou também para lembrar que a prova é a única chance do estudante ter acesso a programas como o Ciência sem Fronteiras, que incentiva o intercâmbio em países da Europa e da América do Norte. “Mesmo para aqueles que querem fazer um vestibular específico eu recomendo que façam o Enem, para que eles possam entrar na universidade e disputarem uma bolsa no Ciência sem Fronteiras. Sem a prova o estudante está fora do programa”, alertou o ministro.

Com a importância do Enem ganhando contornos gigantescos,  duas edições do exame certamente “diluiriam”, pelo menos em parte, sua difícil logística. É esperar para ver.

Sobre o Autor

InfoEnem
InfoEnem

Portal InfoEnem - O portal mais completo do Enem. 10 anos abordando os principais assuntos do maior vestibular do país. - Artigos; - Notícias; - Apostilas; - Cursos On-line.