Sendo cada vez mais clara a tendência de o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) substituir os processos seletivos para o ingresso no ensino superior no Brasil, são imprescindíveis as considerações de suas peculiaridades, exigências e objetivos no que diz respeito às questões da disciplina de história.

O primeiro ponto à ser levado em conta é a coexistência das questões de história e geografia no mesmo espaço, intitulado após a reforma do exame em 2009 como “Ciências Humanas e suas Tecnologias”, sendo assim a interdisciplinaridade entre ambas é inevitável. Portanto o estudante deve estar preparado para questionamentos contendo temas de ambas as disciplinas.

O emprego das atualidades na prova do ENEM não é restrito apenas às questões de história, e sim uma característica inerente ao exame. Desta maneira, é de vital importância que o estudante esteja a par dos acontecimentos mais relevantes nos últimos meses, tanto na esfera nacional quanto global.

Uma clara tendência do ENEM, bem como de outros vestibulares de grande importância no país, é um maior direcionamento das questões para a história do Brasil em detrimento da história geral. Temos como exemplos as edições do ENEM de 2010 e 2011, além do vestibular FUVEST 2012, em que o tema foi cobrado massivamente.

A maior parte das questões do exame exige que o estudante tenha importantes noções do papel da história na sociedade atual, isso ocorre por meio do paralelo entre acontecimentos recentes e a apresentação das tendências provocadas pelo desenvolvimento tecnológico na humanidade.

A característica mais marcante das últimas edições do ENEM é indubitavelmente a discussão sobre a configuração da sociedade brasileira ao longo do tempo e seus reflexos no período atual, com clara ênfase nos conflitos sociais e as distintas atuações das elites e dos grupos excluídos na construção da história da nação. Essas relações são feitas, em grande parte, por meio de ligações entre história e demografia. A apresentação de mapas de informações populacionais ao longo de determinado período é um clássico exemplo presente no exame.

As questões de ciências humanas do ENEM relacionadas à história também exigem do estudante inteligibilidade política dos momentos históricos e consciência dos papéis de organismos como o Estado e a Imprensa, além de noções básicas de sociologia e filosofia.

De um modo geral, o Exame Nacional do Ensino Médio cobra do estudante que está finalizando tal nível uma posição crítica quanto às situações do passado, fazendo-o exercitar sua subjetividade. Ele deverá ainda ter a decisiva capacidade de conectar situações sociais com episódios históricos.

 

*Matheus Rodrigues C. Da Silva cursa o ensino médio no Instituto Federal de São Paulo (IFSP) – Campus Cubatão – e é administrador do site historiaagora.com.br. A equipe InfoEnem agradece ao estudante pela produção e prontidão com que atendeu ao nosso pedido.   

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

InfoEnem
InfoEnem

Portal InfoEnem - O portal mais completo do Enem. 10 anos abordando os principais assuntos do maior vestibular do país. - Artigos; - Notícias; - Apostilas; - Cursos On-line.