Leitores e visitantes, estamos na reta final de preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano, que ocorre nos dias 3 e 4 de novembro. Como todos já devem saber, praticamente não há mais tempo para adquirir novos conteúdos ou estudar matérias em que há certa defasagem de conhecimento. O interessante agora é praticar o máximo que puder, ou seja, literalmente treinar para a prova do Enem, resolvendo questões e simulados nos moldes do exame.

Na semana passada publicamos um artigo sobre o assunto, destacando a importância da resolução de provas anteriores neste período tão próximo ao exame. Seguindo esta estratégia apresentamos hoje duas ótimas oportunidades de estudo, gratuitas e disponíveis na internet. Trata-se de um simulado organizado pelo Estado em parceria com a Geekie (empresa de de tecnologia aplicada à educação), e também um site criado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) que oferece um banco com 4,6 mil questões que seguem o modelo do Enem.

A primeira indicação consiste num simulado online que será realizado nos dias 6 e 7 de outubro, cujas inscrições podem ser realizadas até o dia 5 de outubro na página  www.geekie-estadao.com.br. A principal vantagem oferecida pelo serviço, além de ser gratuito, é a possibilidade de o estudante escolher o horário em que vai iniciar a prova, uma vez que o acesso estará liberado das 6 horas às 23h59, nos dois dias. O aluno terá quatro horas e meia para fazer o exame, sem interrupções, nos dois dias, sendo que no sábado serão resolvidas 90 questões de Ciências Humanas e de Ciências da Natureza e, no domingo, mais 90 itens, de Linguagens e Códigos e de Matemática. Não haverá prova de redação. É importante ressaltar aqui que a página que o participante deve acessar para realizar a prova é a mesma que acessou para se inscrever.

Além dessa comodidade, este simulado ainda possui o diferencial de devolver ao estudante mais do que sua nota final crua. Em primeiro lugar porque se utiliza da TRI (Teoria da Resposta ao Item) para atribuição de notas, mesma metodologia utilizada na correção do Enem. Em segundo, porque gera um boletim personalizado, em que cada participante receberá um relatório que destaca os pontos fortes e fracos nas quatro áreas do conhecimento da prova. O sistema ainda vai mais além, cria um ranking que permite comparar seu desempenho ao dos outros participantes do simulado.

Já a outra indicação que fazemos é o portal criado pela FGV, que além de um banco com mais de 4 mil questões similares as do Enem também oferece cerca de 90 aulas que podem ser usadas pelos candidatos na preparação para o exame. Qualquer um pode acessar gratuitamente o “FGV Ensino Médio Digital”, através da página http://ensinomediodigital.fgv.br/default.aspx. O site tem navegação bem tranquila e autoexplicativa, a única exigência é que o usuário faça um cadastro para poder acessar as aulas e questões, porém como já dito, é tudo de graça.

Fica aqui a dica de hoje. Para quem não tem acesso à internet, existe a possibilidade de utilizar o computador da escola, do amigo, ou até mesmo ir a uma lan house/café que ofereça internet rápida e a baixo preço. Só não vale ficar de braços cruzados enquanto o Enem se aproxima. Bom estudo a todos e até a próxima!

 

Veja também:

Adquira gratuitamente o Manual Enem 2012: Um presente do InfoEnem

 

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

InfoEnem
InfoEnem

Portal InfoEnem - O portal mais completo do Enem.