Entenda as notas e o resultado do Enem 2013

Todo ano é a mesma coisa! A teoria da resposta ao item (TRI) e as diferentes maneiras que cada universidade utiliza as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) geram muitas dúvidas na hora que o Inep divulga os resultados do exame e no período de inscrição do Sistema de Seleção Unificada (SiSU).

E o nosso artigo de hoje tem o propósito de sanar (pelo menos em partes) essas dúvidas.

A primeira coisa que os estudantes devem entender é que a TRI classifica todas as questões da prova de acordo com a dificuldade, a competência e a habilidade exigidas em cada uma. Dessa forma, ela consegue identificar possíveis “chutes” dos participantes. Parece loucura, mas saiba que ela funciona! Tanto que é utilizada em inúmeros exames ao redor de todo o mundo.

Assim sendo, na hora da divulgação dos resultados, alguns dados estranhos podem aparecer. Por exemplo: Dois alunos que acertaram a mesma quantidade de questões podem ter notas diferentes ou estudantes que entregaram o gabarito em branco não terão a nota zero.

Pode parece absurdo, mas o modelo matemático utilizado para determinar as notas de cada participante (São cinco notas!) prevê um valor mínimo (diferente de zero) e máximo para cada área do conhecimento. A nota da redação é a única que não “participa” da TRI.

Dessa forma, os estudantes não precisam se assustar (nem se revoltar!) com essas aparentes incoerências que certamente aparecerão. Nossa recomendação vai em outro sentido, que separamos em dois pontos:

  1. Para a TRI, as questões mais importantes do Enem são as fáceis! Logo, certifique-se de ler todas as questões da prova! Deixar de resolver itens mais fáceis, simplesmente por não ter lido, vai prejudicá-lo drasticamente.
  2. Não tente separar as questões fáceis das difíceis. É impossível adivinhar, pois os assuntos se entrelaçam e não estão em ordem crescente de dificuldade. Ou seja, faça a prova naturalmente.

Neste momento, é importante ressaltar que a TRI, apesar de assustar por não permitir entender de fato suas notas, não gera grandes mudanças na ordem de classificação dos estudantes. Portanto, não precisa se preocupar com a TRI. Aja como se ela nem existisse! Mantenha seu foco no estudo e faça uma boa prova. Essas é a melhor maneira de alcançar seus objetivos.

Quanto as diferentes maneiras que cada universidade utiliza as notas do exame, esse é assunto para um próximo artigo.

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

InfoEnem
InfoEnem

Portal InfoEnem - O portal mais completo do Enem. 10 anos abordando os principais assuntos do maior vestibular do país. - Artigos; - Notícias; - Apostilas; - Cursos On-line.