Equações importantes para o lançamento oblíquo

Em nossa última postagem de física estudamos sobre as principais características do lançamento oblíquo, ou seja, como este tipo de lançamento funciona, a importância de compreendermos as duas direções do movimento e também um exercício sobre o assunto (você pode relembrar o assunto através desta postagem!) No entanto, como havíamos destacado anteriormente, o lançamento oblíquo é conhecido por utilizar diversas equações em sua resolução, e é exatamente isso que vamos apresentar a seguir. Portanto, você verá a seguir um esquema de um lançamento oblíquo, assim como as suas equações para as trajetórias horizontal e vertical. Na parte final da postagem, vamos apresentar também um exercício, para que você compreenda como este conteúdo pode ser abordado no Enem e em outros vestibulares.

Esquema do lançamento oblíquo

Antes de prosseguirmos para as equações deste tipo de lançamento, vamos analisar um esquema de um típico lançamento oblíquo, apresentado na imagem abaixo:

Na imagem, temos um corpo P que descreve a trajetória mostrada acima, partindo com uma velocidade inicial qualquer (u) que faz um ângulo θ com a horizontal. Com estas informações e com o conhecimento teórico que já temos do lançamento oblíquo, podemos partir para as equações!

Equações para a direção horizontal

Como mencionamos na última publicação, a direção horizontal possui as equações mais simples para o lançamento oblíquo, uma vez que a trajetória horizontal tem velocidade constante. Desta maneira, a equação para a velocidade nesta situação é:

Além disso, também é possível calcular o alcance horizontal do corpo P, utilizando a equação a seguir:

Em que Ax é o alcance horizontal máximo, u é a velocidade de partida do corpo, θ é o ângulo que o objeto faz com a horizontal e t é o tempo em que o objeto lançado leva para retornar ao solo.

Além destas duas equações, você também poderá utilizar outras equações do MRU para a descrição deste tipo de movimento.

Equações para a direção vertical

Já para a direção vertical, devemos trabalhar com as equações referentes ao MRUV. Da decomposição da velocidade apresentada no esquema, a velocidade no eixo y será dada por:

Já o tempo de subida do corpo P será dado pela equação:

Sendo g a aceleração da gravidade. Como o tempo de subida e de descida para o corpo serão iguais, o tempo total que o corpo P fica no ar é igual a 2t. Com isso, podemos calcular novamente o alcance horizontal:

Além disso, podemos utilizar a equação de Torricelli para definir a altura máxima do lançamento (H):

Questão

Para ilustrar como este conteúdo pode ser abordado durante as provas do Enem, vamos apresentar a seguir um exercício retirado do vestibular da Fatec-SP, que representa muito bem o conteúdo abordado nesta postagem e possui um modelo semelhante ao Enem.

“Em um jogo de futebol, o goleiro, para aproveitar um contra-ataque, arremessa a bola no sentido do campo adversário. Ela percorre, então, uma trajetória parabólica, conforme representado na figura, em 4 segundos.

Desprezando a resistência do ar e com base nas informações apresentadas, podemos concluir que os módulos da velocidade V, de lançamento, e da velocidade VH, na altura máxima, são, em metros por segundos, iguais a, respectivamente,”

Dados: senβ = 0,8; cosβ = 0,6.

a) 15 e 25.

b) 15 e 50.

c) 25 e 15.

d) 25 e 25.

e) 25 e 50.

Alternativa correta: C

Acesse o portal InfoEnem e tenha acesso aos melhores conteúdos e informações sobre o Enem 2021!

Por quê, Porquê, Porque e Por que: aprenda a diferença entre cada um para não errar no Enem!

A língua portuguesa é de fato muito rica e por isso traz um grande número de possibilidades para algumas palavras e isso, às vezes, pode causar dúvidas aos falantes de seu idioma. Uma dessas dúvidas mais comuns está ligada ao uso dos “porquês”. Na fala não há motivo nenhum para preocupação, mas na hora da escrita em norma padrão quase sempre é feita uma consulta para saber a diferença entre um e outro e não fazer feio no texto.
https://infoenem.com.br/por-que-porque-porque-e-por-que-aprenda-a-diferenca-entre-cada-um-para-nao-errar-no-enem/

O que é SiSU?

É o sistema informatizado do MEC por meio do qual instituições públicas de ensino superior (federais e estaduais) oferecem vagas a candidatos participantes do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).
https://infoenem.com.br/como-funciona-o-sisu/

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!