Fissão e fusão nuclear na prova do Enem

Em nossa postagem de hoje, vamos estudar sobre dois assuntos de grande importância para a química nuclear, que são a fissão e a fusão nuclear. Para isso, vamos aprender sobre estes dois fenômenos, deixando claro a diferença entre eles. No final da postagem, será apresentada uma questão retirada do próprio Enem, para que você compreenda como este assunto pode ser abordado durante o exame.

Fissão e fusão nuclear

A energia nuclear vem sendo cada vez mais desenvolvida, o que é impulsionado pelo desenvolvimento da ciência e da tecnologia, assim como os estudos de física quântica. Dentro da energia nuclear, dois fenômenos são muito conhecidos: a fissão e a fusão nuclear.

  • Fissão nuclear: A fissão nuclear é o processo de divisão de um átomo pesado em pedaços mais leves que o átomo original. Esse tipo de processo acontece a partir do bombardeamento de nêutrons em núcleos radioativos, e liberam uma grande quantidade de energia. A fissão nuclear é empregada na produção de energia elétrica nas usinas nucleares, através da fissão do urânio. Além disso, a fissão nuclear também é o processo por trás da fabricação das bombas atômicas, com algumas diferenças em relação a um reator de uma usina nuclear.
  • Fusão nuclear: Já o processo de fusão nuclear funciona de maneira contrária do que acontece na fissão nuclear. Desta forma, em um processo de fusão nuclear, dois elementos se chocam e dão origem a um novo elemento, que obviamente é mais pesado que os elementos anteriores. Vale destacar que a energia liberada durante o processo de fusão nuclear é muito maior que a energia proveniente do processo de fissão nuclear. O exemplo mais conhecido de fusão nuclear é o Sol, uma vez que a energia que recebemos deste astro é proveniente da fusão de dois átomos de hidrogênio, que geram um átomo de hélio. Apesar da maior quantidade de energia liberada, a fusão nuclear não é utilizada para a produção de energia elétrica, uma vez que os custos para a obtenção desta energia são elevadíssimos.

Questão do Enem

Os cálculos que envolvem estes fenômenos mostrados acima não costumam ser cobrados nas provas do Enem e demais vestibulares. No entanto, o conteúdo teórico que mostramos é bastante cobrado! Para ilustrar uma das abordagens destes fenômenos, vamos apresentar a seguir uma questão retirada da prova de 2020 do Enem. Aproveite para treinar o conteúdo estudado!

“Embora a energia nuclear possa ser utilizada para fins pacíficos, recentes conflitos geopolíticos têm trazido preocupações em várias partes do planeta e estimulado discussões visando o combate ao uso de armas de destruição em massa. Além do potencial destrutivo da bomba atômica, uma grande preocupação associada ao emprego desse artefato bélico é a poeira radioativa deixada após a bomba ser detonada.

Qual é o processo envolvido na detonação dessa bomba?”

a) Fissão nuclear do urânio, provocada por nêutrons.

b) Fusão nuclear do hidrogênio, provocada por prótons.

c) Desintegração nuclear do plutônio, provocada por elétrons.

d) Associação em cadeia de chumbo, provocada por pósitrons.

e) Decaimento radioativo do carbono, provocado por partículas beta.

Alternativa correta: a.

Acesse o portal InfoEnem e tenha acesso aos melhores conteúdos e informações sobre o Enem 2021!

Por quê, Porquê, Porque e Por que: aprenda a diferença entre cada um para não errar no Enem!

A língua portuguesa é de fato muito rica e por isso traz um grande número de possibilidades para algumas palavras e isso, às vezes, pode causar dúvidas aos falantes de seu idioma. Uma dessas dúvidas mais comuns está ligada ao uso dos “porquês”. Na fala não há motivo nenhum para preocupação, mas na hora da escrita em norma padrão quase sempre é feita uma consulta para saber a diferença entre um e outro e não fazer feio no texto.
https://infoenem.com.br/por-que-porque-porque-e-por-que-aprenda-a-diferenca-entre-cada-um-para-nao-errar-no-enem/

O que é SiSU?

É o sistema informatizado do MEC por meio do qual instituições públicas de ensino superior (federais e estaduais) oferecem vagas a candidatos participantes do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).
https://infoenem.com.br/como-funciona-o-sisu/