Guia de Profissão 2013: Física

Podemos dizer que a Física, de uma forma geral, é a ciência que estuda os mais diversos fenômenos da natureza. Desde o muito pequeno (como átomos e moléculas), até o muito grande (como planetas e galáxias). Além da pesquisa pura (geralmente feita dentro das universidades), o físico aplica seus conhecimentos para obter soluções de questões práticas e cotidianas.

Sendo uma ciência de grande abrangência, o bacharel tem a possibilidade de especializar-se em diversas áreas, como ondulatória, astronomia, física médica e desenvolvimento de materiais. Dentro da indústria, realiza experiências e análises para criar e aperfeiçoar materiais tecnológicos, produtos e processos.

Entretanto, atualmente, o licenciado desfruta de um maior campo de trabalho, devido à escassez de professores de física no ensino fundamental e médio.

 

Média Salarial inicial
Segundo o MEC, o salário médio inicial é de  R$ 1.451,00 (professor da educação básica na rede pública por 40 horas semanais).

 

Onde estão os melhores cursos?
Segundo o Guia dos Estudantes 2012, estes são os 13 melhores cursos de Física do Brasil.

* lista organizada por estado e ordem alfabética

 

Entrevista
Para saber mais sobre as oportunidades (e dificuldades) do curso de física, convidamos para uma entrevista Frederico Hummel Cioldin, graduado em Física no ano de em 2011 pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). No momento Frederico atua como Servidor Público/ Profissional para Pesquisa/ Físico/ Técnico em nível superior num laboratório de dispositivos semicondutores.

1- Porque escolheu o curso de Física?
Bom, a escolha do curso é um sonho de criança, eu assitia programas como O Mundo de Beakman e O Professor. Sempre me interessei por Ciências e fenômenos. Apesar de não gostar de cálculos matemáticos, sempre fui atraído por experiências. Confirmei essa vontade no ensino médio e cursinho, onde eu aprendi de fato o significado da Física, que é uma das bases de toda nossa tecnologia atual.

2 – O que achou do curso? Cite as principais dificuldades encontradas ao longo do mesmo.
Difícil, complexo, ingrato. Mas no fim é gratificante. Tive problemas com as disciplinas da matemática pelo motivo que já comentei acima: odeio cálculos. Eu sempre gostei das disciplinas experimentais, onde eu poderia montar um esquema experimental para provar ou ver alguma lei física, mas quem gosta de matemática ou teorias físicas, quem não gosta de ficar em laboratório mas sim conjecturando fórmulas, teoremas e leis, também vai gostar do curso. Durante a graduação de física você vai aprender o básico, vai voltar a estudar leis de Newton, velocidade média etc., mas de uma maneira mais completa. Nos dois primeiros anos consistem apenas uma “pincelada” do que virá, estudará coisas básicas de física e matemática, isso é necessário para poder aprender e entender conceitos de disciplinas puras como mecânica geral, eletro magnetismo, termodinâmica e até mecânica quântica. Algumas pessoas acham que irão ver relatividade geral no primeiro semestre de curso, estão enganadas. Sempre temos que começar do início. O vestibular dos cursos de física geralmente tem pouca procura, então a relação candidato/vaga é baixa e é consideravelmente mais fácil ser aprovado no vestibular do curso de física do que outros cursos como engenharia por exemplo. Mas o curso irá exigir de você, exigirá conceitos abstratos, que você se dedique a estudar e fazer as tarefas de casa, as listas de exercícios. Várias vezes eu pensei “O que estou fazendo aqui???”, mas segui em frente. Conheci a minha atual área de semicondutores e resolvi me esforçar e terminar porque achei o que eu queria fazer na minha vida.

3 – Como é exercer a profissão de físico? Conte-nos um pouco sobre sua rotina.
Seguir a carreira de Físico é difícil no Brasil, pois o país não reconhece essa profissão e também a pesquisa de base e tecnológica não tem altos investimentos. Tanto que em meu trabalho, apesar de ver muita física no dia a dia, é entitulado por muitos outros nomes, como técnico de laboratório por exemplo. Minha rotina é basicamente a seguinte: Fico o dia todo dentro de uma sala limpa de processos, opero equipamentos, dou manutenção nos mesmos e, além disso, faço processos físicos de deposição de filmes finos, utilizo feixes de laser para caracterizar camadas de filmes. Na minha rotina eu trabalho muito com vácuo, técnica de deposição física por fase vapor, diagrama de bandas e junções (Física do Estado Sólido), circuitos elétricos de alta tensão/corrente e alta potência e processos utilizando plasma. Além de produzir as amostras eu também as caracterizo utilizando processos físicos, como a microscopia eletrônica de varredura e a medida por FTIR (Infra vermelho). É isso, tentei explicar o mais simplificado possível sem entrar em processos avançados para não assustar ninguém.

4- Neste momento econômico, qual a sua opinião em relação ao mercado de trabalho e as oportunidades para os profissionais da sua área?
Sinceridade: No Brasil o cenário atualmente é ruim, pois na área de educação existem muitas vagas mas na industria é muito difícil aparecer uma vaga ou ainda em laboratórios governamentais (de universidades ou centro de pesquisas) ou até mesmo privados. Mas espero que no futuro a profissão seja mais reconhecida e acredito que novas oportunidades surgirão não só na educação ou área acadêmica, mas na industria também.

5 – Quais as principais características que você acredita serem necessárias para aqueles que cursam física e/ou exercem a profissão?
Tem que ser perseverante, não pode desistir facilemente. É preciso ser curioso e saber questionar. E uma facilidade com números ajuda muito mesmo se você odeia fazer 2+2.

6- Gostaríamos que desse dicas, conselhos ou qualquer outro tipo de informação que ajude nossos leitores a decidir seguir (ou não) a sua profissão. Fique a vontade!
Estude. É o conselho que eu dou. Estude muito antes de começar o curso e estude muito mais depois porque o curso requer uma dedicação considerável de seu tempo. Não tenha medo das fórmulas nem tema as contas. Basicamente é isso, quem quiser seguir essa carreira, boa sorte!

Já tomou a sua decisão? Não? Então fique ligado porque na próxima sexta-feira tem mais “Guia de Profissão 2013″, aqui no Portal infoEnem!

 


*A equipe infoEnem agradece ao Físico Frederico Hummel Cioldin, que atendeu prontamente nosso pedido e que, certamente, nos ajudou a conhecer mais sobre essa bela profissão.

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

InfoEnem
InfoEnem

Portal InfoEnem - O portal mais completo do Enem. 10 anos abordando os principais assuntos do maior vestibular do país. - Artigos; - Notícias; - Apostilas; - Cursos On-line.