Guia de Profissões 2014: Marketing

Marketing é o estudo que tem como objetivo estimular a venda de produtos e serviços. Para isso, é necessário estudar o consumidor, o mercado, o produto, estratégias de venda etc. Esse profissional tem sido requisitado cada vez mais em empresas de diversos setores.

Se você se interessa pela área, fique ligado nas dicas que trouxemos hoje através da entrevista com a Gabriela Jordão, estudante de Marketing na Universidade Anhembi Morumbi.

 
1- Por que escolheu o curso de Marketing?
Sempre me interessei pelo estudo do consumo. Em um sistema capitalista, é impossível não ser um consumidor, é algo que todos temos em comum. As marcas têm um papel muito importante em nossa vida, não é a toa que alguns clientes são tão fidelizados. Ao mesmo tempo em que as marcas tentam satisfazer as necessidades e desejos de seus consumidores, estes por sua vez são totalmente influenciados por essas marcas. Pessoas podem achar que o estudo de mercado é apenas relembrar o sucesso da Coca-Cola, McDonald’s, Apple, e outras gigantes. Mas quando olhamos ao redor, tudo é marca, tudo é produto, tudo é consumo, e nós somos os líderes e as vítimas desse processo, simultaneamente. Estamos numa era em que não basta comprar um produto: queremos uma experiência em nossa compra, queremos ser surpreendidos e marcados positivamente quando “trocamos” nosso dinheiro por algo. Então, se estamos inevitavelmente presos ao consumo, por que não fazer dessa realidade algo especial?

 
2- Na prática, sua visão sobre o curso mudou? Conte-nos um pouco sobre sua rotina.
A partir do meu segundo semestre no curso, minha universidade mudou a grade e acabei me deparando com mais matérias da área de exatas, algo que para mim não era tão interessante. Esperava que tivesse mais disciplinas sobre comunicação e menos sobre finanças, por exemplo. Dependendo da universidade, o curso pode ter foco em comunicação, propaganda, negócios, administração etc, mas a mudança na grade é inevitável, pois as universidades tentam se atualizar de acordo com as mudanças e exigências do mercado.

O mercado para este profissional está muito favorável, uma vez que a concorrência, independente do segmento, é grande, e faz com que as marcas entendam a importância de se diferenciar. O departamento de marketing passou a ser valorizado recentemente, mas para muitas empresas já é o foco principal.

Os professores em sua maioria são profissionais experientes da área, e trazem essa experiência para a aula, para criar um ambiente mais “vida-real”, além de ajudar os alunos a se diferenciarem como profissionais iniciantes ou atuantes na área.

 
3- Quais os principais benefícios e dificuldades de fazer esse curso?
O principal benefício é que um estudante deste curso se torna um consumidor incomum, e consequentemente melhor. A visão recebida sobre marcas, produtos, experiência de compra, comportamento de consumo, faz com que o aluno seja cada vez mais exigente e observador, afinal ele conhece o processo. Todos nós somos consumidores, e estamos dispostos a um bombardeio de anúncios e informações, mas poucos conseguem filtrar e consumir conscientemente. Um consumidor comum não presta atenção nas ferramentas que uma marca usa para trazê-lo ao consumo, nem mesmo conhece o processo (que é muito extenso) pelo qual um produto/serviço passa antes de ser criado, desenvolvido, e introduzido no mercado, por exemplo.

Quanto às dificuldades, vejo como desafios, e estes são muitos. Um deles é que você precisa estar sempre atualizado. Não basta ler algumas notícias, é necessário estar por dentro do que acontece no mundo em geral, como política, economia, cultura, demografia etc. E, além disso, acompanhar os protagonistas do processo: o público e como ele se comporta quando consome; e as marcas com suas ações, anúncios, campanhas, propagandas, lançamentos. É um estudo a ser feito no dia-a-dia, fora da universidade.

 
4- Quais as principais características que você acredita serem necessárias para quem escolher esse curso?
Como é uma área muito abrangente, diversos perfis de pessoas podem se tornar bons profissionais da área. Além do mais básico, que é ser crítico, interessado, curioso, comunicativo, acho importante estar muito aberto a novidades e mudanças, não ter preconceitos, assumir riscos, e acreditar em inovação. Afinal os recursos são limitados, mas as necessidades e desejos do consumir, não.

 
5- Gostaríamos que você desse dicas, conselhos ou qualquer outro tipo de informação que ajude nossos leitores a decidir seguir (ou não) a sua profissão.
Aconselho que as pessoas estudem a diferença entre Marketing e Publicidade/Propaganda. Muitos chegam a ambos os cursos sem saber qual é a diferença entre essas áreas, e acabam se decepcionando. Basicamente, em Marketing você estará ao lado da marca, e em Publicidade/Propaganda você estará entre a marca e o consumidor.

Uma dica é ler livros, revistas ou conteúdo de portais relacionados à área. As revistas Exame, Meio & Mensagem, e Proxxima, por exemplo, são boas ferramentas para acompanhar a área e entender melhor quais são os resultados das atividades dessa profissão pelo mundo. E você nem precisará investir tanto tempo e dinheiro para ter acesso a cases tão inspiradores.

 


Agradecemos muito à Gabriela Jordão por aceitar nosso pedido e compartilhar conosco sua vivência. Atendendo a sua dica, em breve, publicaremos um artigo sobre as principais diferenças entre os cursos de Marketing e Publicidade/Propaganda. Não perca!

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

InfoEnem
InfoEnem

Portal InfoEnem - O portal mais completo do Enem. 10 anos abordando os principais assuntos do maior vestibular do país. - Artigos; - Notícias; - Apostilas; - Cursos On-line.