Inscrições no Prouni 2019 Devem Abrir em 29 de Janeiro

Depois de realizadas as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2018), o MEC – Ministério da Educação – começa os preparativos para os principais programas do Governo que usam as notas da avaliação para acesso ao ensino superior. O Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que ocupa vagas em instituições públicas de ensino superior, já tem calendário definido (confira). Neste artigo vamos falar sobre o Prouni 2019 – Programa Universidade Para Todos, que concede bolsas em universidades privadas.

De acordo com nossa previsão, as inscrições na próxima edição do Prouni terão início em 29 de janeiro do ano que vem, uma terça-feira, devendo permanecer abertas até a sexta-feira da mesma semana, dia 1º de fevereiro.

É importante esclarecer que este palpite não é aleatório, uma vez que se baseia no que tem ocorrido nos últimos anos com o processo seletivo do programa. Historicamente as inscrições no Prouni têm início na semana subsequente a fase de inscrições do Sisu. E como neste ano o MEC já confirmou que o prazo de cadastro do Sisu 2019 ficará aberto entre 22 e 25 de janeiro, acreditamos que o mesmo aconteça com o Prouni na semana seguinte.

De qualquer maneira, assim que o MEC publicar o cronograma oficial do Prouni 2019 divulgaremos as datas de todos os eventos em primeira mão aqui no Portal infoEnem.

Como Funciona o Processo Seletivo?

A seleção é 100% gratuita e online, sendo que todas as fases acontecem no endereço eletrônico siteprouni.mec.gov.br, que no momento está redirecionando para a página com informações básicas sobre o programa.

Os candidatos efetuam login no sistema com número de inscrição e senha do Enem 2018, consultam as vagas disponíveis e depois escolhem suas opções de bolsa por ordem de preferência. Posteriormente a etapa de inscrição, ocorrem duas chamadas regulares. Quem não for aprovado em nenhuma delas ainda terá outra oportunidade, por meio da lista de espera e também através do processo de seleção para bolsas remanescentes.

Quem Pode Participar?

Por se tratar de uma política pública assistencialista, o programa possui uma série de regras e pré-requisitos, sobretudo relacionados a renda do candidato, para que o mesmo possa se inscrever. Entre as exigências, por exemplo, consta que o estudante deve ter realizado todo o ensino médio em escola da rede pública, sendo aceito aluno de escola particular apenas se este comprovar ter cursado em tal instituição como bolsista integral.

Quanto a renda, a limitação é de 3 salários mínimos por pessoa da família para disputa de bolsas parciais, de 50% das mensalidade da universidade, faculdade ou centro universitário. Já para bolsas integrais a renda máxima cai para 1,5 salário per capta.

Há ainda a necessidade de um desempenho mínimo no Enem. Os candidatos devem ter obtido média mínima das notas de 450 pontos, além de pontuação superior a zero na redação.

Confira neste artigo todos os critérios adotados pelo Prouni.

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Matheus Andrietta
Matheus Andrietta

Fundador do Portal InfoEnem.