Obrigatoriedade da Redação do ENEM

Alguns, ou até muitos, candidatos do ENEM e de outros vestibulares questionam a obrigatoriedade da prova de redação nos exames, perguntando-se por que devem saber escrever uma dissertação ou um determinado gênero para ser selecionado para um curso que pode não pedir tanto esforço em produção escrita.

Uma primeira questão a ser pensada é que todo o curso técnico e/ou universitário requer, guardadas suas devidas proporções, capacidades e habilidades em escrita não só no dia a dia do curso, mas também após a formatura, na rotina do profissional já formado. Um relatório, tipos de carta, e-mails, pareceres, artigos, resenhas etc são alguns gêneros que poderão ser requisitados pelos professores nos cursos técnicos e/ou universitários e pelas funções do profissional recém formado.

A dissertação-argumentativa, tipo textual basicamente escolar, dificilmente será pedido após o vestibular ou o ENEM, já que da esfera escolar, mas gêneros da ordem do dissertar e do argumentar, como já falamos em outra publicação, serão requisitados sim e não apenas por meio da linguagem escrita, mas também na linguagem oral. Em uma entrevista de emprego, por exemplo, somos forçados a convencer o entrevistador de que somos os melhores candidatos para aquela vaga; em um trabalho em grupo, em um momento de discordância, devemos persuadir nossos colegas; em um debate, os argumentos devem ser consistentes o suficiente para que o outro debatedor nem consiga rebatê-los; ao fechar um contrato, podemos argumentar sobre uma redução no valor; em uma reunião, devemos convencer de que o nosso projeto é o melhor.

Todos estes exemplos e muitos outros mais nos mostram como é importante sabermos nos expressar com proficiência, ou seja, com boa qualidade, com competência, demonstrando domínio da linguagem escrita e oral em toda a vida e em todas as esferas das relações humanas, desde a íntima, em casa, passando pela escolar, indo para a acadêmica, chegando a profissional e perpassando a jornalística, a científica, a cultural, a política dentre outras.

Por isso praticamente todos os exames vestibulares, concursos públicos e o ENEM têm provas de produção escrita, de redação, para avaliar as capacidades e habilidades dos candidatos em relação à linguagem escrita e aos temas relevantes para a sociedade, já que não basta escrever bem se não escrever coisas coerentes com aquilo que foi requisitado, coisa corretas, atualizadas e contextualizadas.

Escrever e ler adequadamente é ser cidadão, ser protagonista de sua própria vida, é participar da rotina da sua cidade, do seu bairro, do seu condomínio, da sua comunidade… do seu país. Por isso é tão importante e fundamental.

 


*CAMILA DALLA POZZA PEREIRA é graduada em Letras/Português pela UNICAMP – Universidade Estadual de Campinas/SP – Atua na área de Educação exercendo funções relativas ao ensino de Língua Portuguesa, Literatura e Redação. Foi corretora de redação em grandes universidades públicas. Participou de avaliações e produções de diversos materiais didáticos, inclusive prestando serviço ao Ministério da Educação.

**Camila também é colunista semanal sobre redação do infoEnem. Um orgulho para nosso portal e um presente para nossos leitores! Suas publicações serão sempre às quintas-feiras, não percam!

Veja mais artigos da professora Camila

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

InfoEnem
InfoEnem

Portal InfoEnem - O portal mais completo do Enem. 10 anos abordando os principais assuntos do maior vestibular do país. - Artigos; - Notícias; - Apostilas; - Cursos On-line.