Palavras Paroxítonas

Na coluna de gramática anterior, começamos a tratar das dicas, das regras e da acentuação de oxítonas. Hoje, falaremos das paroxítonas, que são as palavras com a tônica (pronúncia mais forte) na penúltima sílaba. Novamente, é bom lembrar que analisar, nem que seja um pouquinho, as regras de paroxítonas pode ajudar e muito a tirar dúvidas acerca de acentuação na hora de escrever um relatório, um trabalho ou uma redação na escola e no vestibular. Lembre-se sempre de pronunciar as palavras mentalmente (ou até mesmo em voz alta) e reparar bem na sílaba falada no maior volume para conferir se elas são paroxítonas e aplicar as regras de acentuação. Vamos a elas!

Acentue todas as paroxítonas terminadas em “r”

            Açúcar, caráter, câncer, dólar, fêmur, flúor, néctar, mártir, zíper.

Acentue todas as paroxítonas terminadas em “x”

            Tórax, córtex, fênix, látex, clímax.

Acentue todas as paroxítonas terminadas em “n”

            Abdômen, glúten, hífen, plâncton, pólen, próton.

Acentue todas as paroxítonas terminadas em “l”

            Ágil, fácil, incrível, têxtil, amável, cônsul, difícil, móvel, fóssil, responsável.

Acentue todas as palavras terminadas em “ps”

            Bíceps, tríceps, fórceps.

Acentue todas as paroxítonas terminadas em “ã(s)” e “ão(s)”

            Sótão, ímã, bênção, órfã, órfão, órgão.

Acentue todas as paroxítonas terminadas em “i” e “is”

            Júri, táxi, tênis, lápis, grátis, íris.

Acentue todas as paroxítonas terminadas em “ei” e “eis”

            Jóquei, dóceis, hóquei, difíceis, amáveis, saudáveis, responsáveis, fáceis.

Acentue todas as paroxítonas terminadas em “us”

            Bônus, ônus, lótus, vírus, tônus.

Acentue todas as paroxítonas terminadas em “om”, “ons”, “um” e “uns”

            Prótons, álbum, álbuns, fórum.

Novo Acordo Ortográfico

No caso das palavras paroxítonas, houve alterações na acentuação delas em alguns casos. São eles:

  • Nos ditongos abertos “oi” e “ei” não há mais acento, como em “jiboia” e em “ideia”;
  • Nos ditongo “ee” e “oo” não há mais acento circunflexo, como em “veem” e “voo”;
  • Nas vogais “i” e “u” após ditongo não há mais acento agudo, como em “feiura”.

Exemplos de palavras paroxítonas sem acento:

            Homem, amigo(a), vizinho(a), cansaço, proibido, mesa, item, higiene, gratuito.

O que acharam do tópico de hoje? Já tiveram alguma dificuldade com a acentuação de paroxítonas ou o tema sempre foi tranquilo pra vocês? Uma sugestão de prática (tanto para o assunto de hoje quanto para o anterior, as palavras oxítonas) é separar todas as palavras exemplificadas aqui em sílabas e sublinhar a tônica, para visualizar ainda melhor em que categoria as palavras se encaixam. Depois, contem pra gente nos comentários como foi a prática e preparem-se para as proparoxítonas! Até mais!

Acesse o portal InfoEnem e tenha acesso aos melhores conteúdos e informações sobre o Enem 2021!

Por quê, Porquê, Porque e Por que: aprenda a diferença entre cada um para não errar no Enem!

A língua portuguesa é de fato muito rica e por isso traz um grande número de possibilidades para algumas palavras e isso, às vezes, pode causar dúvidas aos falantes de seu idioma. Uma dessas dúvidas mais comuns está ligada ao uso dos “porquês”. Na fala não há motivo nenhum para preocupação, mas na hora da escrita em norma padrão quase sempre é feita uma consulta para saber a diferença entre um e outro e não fazer feio no texto.
https://infoenem.com.br/por-que-porque-porque-e-por-que-aprenda-a-diferenca-entre-cada-um-para-nao-errar-no-enem/

O que é SiSU?

É o sistema informatizado do MEC por meio do qual instituições públicas de ensino superior (federais e estaduais) oferecem vagas a candidatos participantes do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).
https://infoenem.com.br/como-funciona-o-sisu/

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Vanessa Christine Ramos Reck
Vanessa Christine Ramos Reck

Possui graduação em Letras - Língua Portuguesa pela Universidade Estadual de Campinas(2011). Tem experiência na área de Letras. http://lattes.cnpq.br/6444202678156917