PF Confirma Fraude na Redação do Enem 2017 em Salvador (BA)

A Polícia Federal (PF) confirmou, na noite desta sexta-feira (19), que houve fraude na redação do Enem 2017 – Exame Nacional do Ensino Médio – na aplicação do dia 5 de novembro, na cidade de Salvador (BA).

De acordo com informações oficiais da Superintendência da PF, na redação do exame, que teve como tema os “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil“, o participante envolvido reproduziu a sinopse do livro Redação de Surdos: uma Jornada em Busca da Avaliação Escrita, de Maria do Carmo Ribeiro, lançado no ano de 2015.

Conforme esclarece a delegada que está a frente da investigação, Suzana Jacobina, o acusado confessou que teve acesso ao referido conteúdo por meio de seu aparelho celular, de forma que não foi notado pelos fiscais de sala durante a aplicação da prova.

Em sua declaração, ela também aproveitou para tranquilizar os milhões de candidatos afirmando que trata-se de um caso único e que não deve haver possibilidade de cancelamento da redação do Enem por conta de tal ocorrência, pelo menos a princípio:

Com as provas até então colhidas, a linha de investigação mostra que o caso foi isolado. A princípio, o Enem está real, não tem risco de ser suspenso. Mas tudo ainda precisa ser confirmado.

A apuração e consequente inquérito da PF começaram após o Inep – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, órgão organizador e responsável por aplicar o Enem 2017, repassar informações de plágio em uma prova aplicada na capital baiana.

Apesar de ser considerado uma situação a parte e numa avaliação prévia estar descartado o risco de vazamento do tema da redação, o que poderia comprometer a validade de todo o exame, a PF comunicou que seguirá com as investigações para apurar mais detalhes sobre o caso.

Qualquer novidade será publicada em primeira mão aqui no Portal infoEnem.

Fonte: Agência Brasil

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Matheus Andrietta
Matheus Andrietta

Fundador do Portal InfoEnem.