Possibilidades para a Redação do Enem 2020: Vacinação

E iniciam-se as especulações sobre qual será o tema da proposta de redação do Enem 2020! Você já deve ter visto alguns sites dando seus chutes por aí e o InfoEnem obviamente não poderia ficar de fora da loteria (ou será que não é tão loteria assim?)! Então vamos lá!

Primeiramente, precisamos afunilar um pouco as possibilidades. É assim que muita gente crava o tema ano após ano. Os itens mais óbvios a se eliminar são os temas de anos anteriores, tanto os das provas regulares quanto os das provas de segunda aplicação (as mesmas aplicadas para pessoas privadas de liberdade – o Enem PPL). É possível encontrar algumas listas no Google mencionando todos os títulos, o que já basta saber para lembrar quais temas não têm muita chance de aparecer, mesmo que em subtemas próximos, visto que isso raramente aconteceu na história do Enem. Já houve, por exemplo, uma proposta relacionada à violência urbana em geral e outra relacionada à violência contra a mulher, mas em um intervalo bastante significativo entre uma e outra. Além disso, são temas que implicam coisas bastante diferentes entre si, apesar de ambos terem “violência” na frase temática.

Eliminados os temas passados, é hora de observar de onde vêm os possíveis temas futuros. Analisando a lista dos aplicados até hoje, pode-se reparar que eles têm traços em comum: são temas sociais, econômicos e/ou culturais, na maior parte das vezes em discussão em território nacional (em 2018 tivemos “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”, sem necessariamente resumi-lo ao Brasil, mas este tipo de tema não é tão comum quanto as questões brasileiras), tanto recentemente (até meses antes da aplicação da prova) quanto ao longo da história do país.

A vacinação se encaixa muito bem nos critérios citados. O Brasil é um dos países com uma das políticas de vacinação mais eficazes no mundo, mas que não deixa de ter problemas. Sendo assim, é possível que o tópico apareça em um tema futuro, com o clássico pedido de proposta de intervenção.

Na possibilidade em questão, inicialmente é interessante estar informado sobre os índices, os programas de vacinação, as vacinas disponíveis no país e os eventuais problemas que os programas de vacinação podem enfrentar. Mais uma vez uma pesquisa simples no nosso amigo Google pode ajudar. Muita atenção com as fontes, no entanto. Órgãos governamentais, ONGs e sites de grandes conglomerados midiáticos são normalmente garantia de passar bem longe das fake news.

Munido de informações básicas sobre a vacinação, é hora de construir a argumentação. Apresentar o contexto histórico da imunização no país, as doenças que erradicou e os benefícios que ela traz podem ser um bom começo. A partir daí, estabelecer que mesmo com um alto índice de sucesso ainda há o que ser feito e quais os riscos de uma imunização ignorada são argumentos que trazem um bom contraponto e levantam possíveis problemas.

Por fim, para resolver as possibilidades de problemas apontadas ao longo da argumentação, a boa e velha proposta de intervenção deve aparecer. Ela não precisa obrigatoriamente aparecer como conclusão, mas muitos alunos preferem o formato, por trazer um bom encerramento e facilitar a organização de argumentos. Ela deve ser, como sempre, completa, trazendo detalhes de como a solução prática e viável será colocada em ação.

O que acharam deste “chute”? Concordam com ele? Como desenvolveriam uma redação neste tema? Quais outros temas esperam que o Enem traga? Contem tudo pra gente nos comentários e até a semana que vem!

Além das postagens sobre os temas de redação toda semana, você pode se preparar ainda mais para a prova de redação do Enem com o curso de redação Nota 1000 do portal InfoEnem! Você fará redações que serão corrigidas no mesmo modelo do Enem, e receberá comentários e dicas da nossa equipe! Clique aqui para saber mais sobre o curso de redação!

Acesse o portal InfoEnem e tenha acesso aos melhores conteúdos e informações sobre o Enem 2020!

Por quê, Porquê, Porque e Por que: aprenda a diferença entre cada um para não errar no Enem!

A língua portuguesa é de fato muito rica e por isso traz um grande número de possibilidades para algumas palavras e isso, às vezes, pode causar dúvidas aos falantes de seu idioma. Uma dessas dúvidas mais comuns está ligada ao uso dos “porquês”. Na fala não há motivo nenhum para preocupação, mas na hora da escrita em norma padrão quase sempre é feita uma consulta para saber a diferença entre um e outro e não fazer feio no texto.
https://infoenem.com.br/por-que-porque-porque-e-por-que-aprenda-a-diferenca-entre-cada-um-para-nao-errar-no-enem/

O que é SiSU?

É o sistema informatizado do MEC por meio do qual instituições públicas de ensino superior (federais e estaduais) oferecem vagas a candidatos participantes do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).
https://infoenem.com.br/como-funciona-o-sisu/

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

InfoEnem
InfoEnem

Portal InfoEnem - O portal mais completo do Enem. 10 anos abordando os principais assuntos do maior vestibular do país. - Artigos; - Notícias; - Apostilas; - Cursos On-line.