De acordo com a Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores das Universidades Públicas Brasileiras (Fasubra), o processo de matrícula em 48 universidades e institutos federais que participam do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) tinha sido interrompido por decisão do comando de greve nacional.

Contrariando a Fasubra, o Ministério da Educação (MEC) divulgou nota negando a referida interrupção, motivada pela greve dos servidores das instituições federais.

Segundo o MEC,  foi constado o esforço dos reitores para assegurar o direito dos estudantes em 21 universidades federais que oferecem vagas para este segundo semestre. “O MEC faz o acompanhamento das matrículas, caso a caso, e orienta as universidades que enfrentam problemas mais agudos com o movimento grevista dos funcionários para que lancem mão do sistema de matrículas pela internet” garante o texto.

Entretanto, de acordo com o próprio MEC, um balanço do primeiro dia de matrículas apontou problemas nas universidades federais do Ceará (UFC), Piauí (UFPI), do Recôncavo da Bahia (UFRB) e de alguns campi da Federal do Tocantins (UFT) e da Tecnológica do Paraná (UFTPR).

Aconselhamos os aprovados para que mantenham atenção nas datas e que busquem informações mais detalhadas nas suas respectivas universidades ou institutos no qual foram  convocados para a matrícula, comparecendo ao local para possível efetivação da mesma.

Vale ressaltar que a matrícula  em primeira chamada começou ontem e termina em 9 de julho.

De concreto, apenas o triste constrangimento que esses estudantes estão tendo que passar num momento que deveria ser apenas de alegria.

 

Veja também:

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

InfoEnem
InfoEnem

Portal InfoEnem - O portal mais completo do Enem. 10 anos abordando os principais assuntos do maior vestibular do país. - Artigos; - Notícias; - Apostilas; - Cursos On-line.