Redação Enem: Criando Introdução Por Contexto Histórico

Muitas pessoas têm dificuldade em iniciar um texto. Primeiramente, precisamos entender qual é o objetivo da introdução de uma dissertação-argumentativa: ela serve para contextualizar o leitor do tema que será tratado.

Isso é necessário pois devemos escrever o texto imaginando que qualquer pessoa possa fazer sua leitura, ou seja, deve ser compreensível a todos e não apenas ao corretor. Dessa forma, não podemos supor que o leitor da dissertação tenha lido a proposta de redação anteriormente e saiba qual é o tema.

Há várias formas de contextualizar o tema para o leitor, isto é, demonstrar brevemente sobre o que dissertaremos. Podemos fazer isso definindo uma palavra-chave, citando algum pensador ou especialista, apresentando dados estatísticos, realizando comparações socioeconômicas, geográficas etc.

Mas de todas as maneiras de introduzir a redação, a contextualização histórica parece ser a “queridinha” da maioria dos estudantes. E, por isso, ela merece atenção e muito cuidado. O método condiz em explicar um fato histórico que tem alguma ligação com o tema tratado. Vejamos alguns exemplos úteis retirados do Guia do Participante do Inep.

Tema: O movimento imigratório para o Brasil no século XXI (Enem 2012)

Durante, principalmente, a década de 1980, o Brasil mostrou-se um país de emigração. Na chamada década perdida, inúmeros brasileiros deixaram o país em busca de melhores condições de vida. No século XXI, um fenômeno inverso é evidente: a chegada ao Brasil de grandes contingentes imigratórios, com indivíduos de países subdesenvolvidos latino-americanos.

(Gabriela Araujo Attie)

Tema: Viver em rede no século XXI: os limites entre o público e o privado (Enem 2011)

Devido à sua natureza social, o ser humano, durante toda a sua história, dependeu dos relacionamentos para conviver em comunidade e assim transformar o mundo. Hoje, as redes sociais na internet adquirem extrema importância, visto que são os principais meios através dos quais as pessoas se relacionam diariamente.

(Wellington Gomes de Souza)

Percebe-se, nos dois casos, que o relato histórico citado no início do texto tem relação direta com o tema que é apresentado logo a seguir. (Emigração em 1980 e imigração no século XXI; Relacionamentos em “toda a história” e redes sociais atualmente).

Portanto, sempre que realizar uma introdução por contexto histórico, atente-se se o fato histórico tem relação com o tema a ser apresentado, evitando, assim, que a introdução fique desconectada com o restante do texto ou que ocorra fuga ou tangenciamento ao tema.

Na maioria das vezes, isso acontece porque o estudante deseja mostrar conhecimento de outras disciplinas (no caso, história) para a banca avaliadora. É comum ver textos citando “Desde os primórdios”, “Na Antiguidade”, “No tempo das cavernas”, “Na Roma Antiga” etc. Evite fazer referências assim pois elas são abstratas (não específicas) e muito provavelmente não terão ligação com o tema e com seu posicionamento.

Se você também tem dificuldades em começar suas redações e sente necessidade de particar sua escrita, conheça nosso Treinamento de Redação para o Enem, que tem 30 propostas de dissertação e acompanhamento com um professor especialista que corrigirá seus textos de acordo com os critérios do Enem, fornecendo um retorno em até 7 dias! Se interessou? Então clique aqui e saiba como se cadastrar no Curso agora mesmo!

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Matheus Andrietta
Matheus Andrietta

Fundador do Portal InfoEnem.