Redação Nota 1000: Possibilidades para a Redação do Enem PPL 2012

No ano de 2012, quem não acreditou na teoria do fim do mundo se inscreveu no Enem PPL para se formar no ensino médio e/ou para entrar em uma faculdade no ano seguinte. Como sempre, havia uma redação a ser feita, dessa vez com o tema “O Grupo Fortalece o Indivíduo?”, que também é, de certa forma, abrangente e pode despertar inúmeras reflexões e vertentes, como em anos anteriores nesta versão da prova.

Fonte: https://guiadoestudante.abril.com.br/blog/redacao-para-o-enem-e-vestibular/conheca-as-provas-secretas-de-redacao-do-enem/

Os três textos motivadores complementavam a frase temática trazendo exemplos de grupos que conquistaram vitórias ou algum tipo de reconhecimento para a categoria. O primeiro citava a greve dos bancários por direitos para a classe de trabalhadores no ano de 1932. O segundo mencionava a equipe vitoriosa de um time de futebol e como, de acordo com um dos membros, o grupo foi essencial para a conquista. O terceiro trazia atenção a uma marcha pelos direitos das mulheres e contra a violência sofrida por elas de várias formas, todos os dias.

Ao levar em conta os exemplos dos textos motivadores, fica fácil pensar em conteúdo externo para a argumentação a ser construída desta vez. Exemplos de mais grupos que conquistaram vitórias ou garantiram que direitos fossem respeitados através de reivindicações em conjunto são boas opções. Que tal até fazer uma relação com a situação atual de pandemia que estamos vivendo? Países que têm se unido e seguido as orientações das autoridades de saúde à risca têm tido bons resultados reduzindo o número de casos, além da corrente de solidariedade que tem se desenvolvido em muitos lugares para ajudar quem está tendo dificuldades financeiras e o sistema de saúde nesse momento.

Recolhidos os exemplos, é hora de posicionar-se em relação à pergunta feita na proposta: o grupo fortalece o indivíduo? Não há problemas em responder negativamente, mas a argumentação deverá ser extremamente consistente para provar que um indivíduo consegue mais coisas em determinadas circunstâncias do que um grupo de pessoas com as mesmas ambições. Como comprovado pelos textos motivadores e observado neles, não seria a melhor ideia ir pelo caminho contrário. Há chances inclusive de tangenciar o tema, além de ferir os Direitos Humanos, caso dê-se alguma sugestão relacionada à proibição de indivíduos de se organizarem em grupos. Portanto, apesar de ser o óbvio, o mais sensato (tanto tecnicamente quanto humanamente falando) é defender a reunião livre de grupos para a conquista de objetivos e usar dos exemplos (dos textos motivadores e do conteúdo externo) para embasar a defesa desse fortalecimento do indivíduo através da união de um grupo com o qual ele se identifique.

Para encerrar, como de costume, vem a proposta de intervenção. Neste caso, a regulamentação pode ser uma das opções de sugestão, como leis que defendam o direito de reunião e manifestação, bem como maior atenção governamental a reivindicações de grupos que se posicionam em busca de equidade, por exemplo. A regulamentação pode abranger tanto o direito irrefutável da manifestação e organização de tais grupos, quanto a fiscalização de ditas manifestações, já que seus integrantes devem ter sua integridade física preservada, mas também respeitar a integridade do que está a sua volta ao participar dessas organizações, por exemplo. Outra opção bastante importante e viável é, como sempre, a educação. Ressaltar a importância da união entre os seres humanos de forma geral e em grupos de identificação para conquista de direitos, respeitando as diferenças entre esses mais variados grupos, assim como para a conquista de benefícios para toda a humanidade através da solidariedade desde cedo para crianças pequenas pode ser uma ótima solução para a falta de união em alguns âmbitos da sociedade e para a finalização dos argumentos da redação, com um bom detalhamento, claro!

O que acharam do tema deste ano? Contem pra gente nos comentários quais exemplos trariam de grupo que fortalece-se para conquistas! Até semana que vem!

Além das postagens sobre os temas de redação toda semana, você pode se preparar ainda mais para a prova de redação do Enem com o curso de redação Nota 1000 do portal InfoEnem! Você fará redações que serão corrigidas no mesmo modelo do Enem, e receberá comentários e dicas da nossa equipe! Clique aqui para saber mais sobre o curso de redação!

Acesse o portal InfoEnem e tenha acesso aos melhores conteúdos e informações sobre o Enem 2020!

As Competências Avaliadas na Redação do Enem

As Competências Avaliadas na Redação do Enem
A banca elaboradora do Enem concebe todas as questões, de todas as disciplinas e a proposta de redação baseada na Matriz de Competência do Enem, a qual é divulgada pelo Inep em seu site e é organizada em eixos e competências que têm como objetivo nortear a avaliação. Este documento é o alicerce das competências avaliadas na redação do exame, das quais falaremos logo a seguir.

I) Dominar Linguagens: dominar a norma culta da Língua Portuguesa e fazer uso das linguagens matemática, artística e científica e das línguas espanhola e inglesa;
II)  Compreender Fenômenos: construir e aplicar conceitos das várias áreas do conhecimento para a compreensão de fenômenos naturais, de processos histórico-geográficos, da produção tecnológica e das manifestações artísticas.
III) Enfrentar Situações-Problemas: selecionar, organizar, relacionar, interpretar dados e informações representados de diferentes formas, para tomar decisões e enfrentar situações – problemas.
IV) Construir Argumentação: relacionar informações, representadas em diferentes formas e conhecimentos disponíveis em situações concretas, para construir argumentação consistente.
V) Elaborar Propostas: recorre aos conhecimentos desenvolvidos na escola para elaboração de propostas de intervenção solidária na realidade, respeitando os valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Vanessa Christine Ramos Reck
Vanessa Christine Ramos Reck

Possui graduação em Letras - Língua Portuguesa pela Universidade Estadual de Campinas(2011). Tem experiência na área de Letras. http://lattes.cnpq.br/6444202678156917