Rotina de Estudos

Ao longo da vida, criamos diversos hábitos como tomar banho, escovar os dentes, pentear os cabelos. Esses hábitos estão completamente relacionados a capacidade de se estabelecer uma rotina fixa nas tarefas cotidianas, sem a qual, perderíamos uma grande parte do tempo tendo que tomar decisões minuciosas sobre cada ação cotidiana, sobrecarregando nossos cérebros. Você já teve alguma dificuldade em decidir se colocaria a fatia de presunto no meio do pão ou em cima do pão? É tão óbvio que não paramos para pensar. Dessa forma, o cérebro para de gastar tanta energia nas tomadas de decisões, diminuindo seu esforço e, consequentemente, a possibilidade de desvio para outras tarefas que se encontram fora da rotina.

Para que um hábito seja criado, faz-se necessário uma deixa, que pode ser uma música que usa só para estudar, o “cantinho dos estudos”, indicando um estímulo para que o cérebro possa acionar o hábito, a rotina que é o próprio estudo e uma recompensa, que pode ser acertar questões ou próprio prazer de ter cumprido metas propostas para os seus estudos, sinalizando para o seu cérebro que vale a pena manter e memorizar esse hábito.

Fonte: DUHIGG, C. O poder do hábito, 2012, p.37.

Para que você crie o hábito dos estudos, é importante definir uma rotina com um cronograma das atividades que deseja realizar, para isso, listamos a seguir algumas dicas que podem te ajudar:

  1. Conhecer a rotina e definir os compromissos fixos e os horários livres. Nesse primeiro passo, você precisa selecionar os horários em que está em atividades diárias que não mudam, como ir à escola, a academia ou ao trabalho, contando inclusive o tempo de deslocamento.
  2. Rever sempre sua rotina para ajustar a compromissos que surgem. As vezes podem surgir imprevistos como ir ao médico, entre outros. Dessa forma, é necessário reajustar a rotina.
  3. Separar mais tempo para as matérias mais difíceis. Na divisão de tempo entre as matérias, é necessário separar mais tempo para os conteúdos que você possui maior dificuldade.
  4. Deixar as matérias mais difíceis para o momento que estiver mais disposto. Quando você está mais descansado, sua motivação para aprender e se esforçar mais mentalmente é maior.
  5.  Seja específico no que vai estudar, defina metas de estudo. Definir o que vai estudar otimiza seu tempo, permitindo que esteja sempre em dia com o conteúdo.
  6. Comece sempre revisando. Isso permite a consolidação do conhecimento, de modo que você não esqueça periodicamente os conteúdos que foram estudados há mais tempo.
  7. Faça resumos, exercícios e sempre passe a limpo as anotações que fez durante a aula e, TIRE SUAS DÚVIDAS.
  8. Adicionar ao cronograma, um período de descanso diário. Dependendo da quantidade de tempo disponível na sua rotina.
  9. Lembrar de dar pausas durante os estudos. A concentração baixa quando você está muito tempo com o mesmo foco, por isso, é interessante dar pausas.
  10. Para montar seu cronograma de conteúdo de matemática e química, utilize esses dois links com levantamentos estatísticos sobre o que é mais cobrado: Acesse aqui o levantamento das questões de matemática e aqui o levantamento das questões de química. e

Disponibilizamos para você em excel (Clique aqui), a planilha de estudos para que você possa adapta-los a sua realidade. Agora que já sabe todos os passos para criar uma rotina, crie a sua!

Acesse o portal InfoEnem e tenha acesso aos melhores conteúdos e informações sobre o Enem 2020!

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

InfoEnem
InfoEnem

Portal InfoEnem - O portal mais completo do Enem.