Sistema Respiratório no Enem 2020

Para que ocorram as reações metabólicas em nosso organismo, principalmente a geração de energia, necessitamos sobretudo de oxigênio. No decorrer dessas reações, as células produzem também resíduos metabólicos, como o CO2, que podem ser tóxicos dependendo da quantidade no organismo. Dessa forma, as principais funções do sistema respiratório são: o aporte de O2 do meio externo para o meio interno; a eliminação do excesso de CO2 do nosso organismo; o controle do pH sanguíneo bem como outras funções adjacentes aos órgãos que compõe esse sistema.

A respiração ocorre em três etapas, a primeira é mecânica, chamada de ventilação pulmonar, realizada pelo processo de inspiração (aporte de ar) e expiração (ejeção do ar). O segundo processo é conhecido como respiração pulmonar, nessa etapa o O2 do pulmão é difundido para os vasos sanguíneos e o CO2 dos vasos é difundido para pulmão, a maior parte O2 é transportado pelo sangue através de células sanguíneas conhecidas como hemácias, ligadas a um pigmento respiratório chamado de hemoglobina. O último dos processos é a respiração tecidual, quando o O2 transportado pelos vasos sanguíneos é difundido para as células e o CO2 residual das células é difundido para os vasos para eliminação, a maior parte do CO2 é transportada para os pulmões dissolvida no plasma em forma de íons bicarbonato (HCO3), e uma pequena parte na forma de carboemoglobina.

Principais estruturas do sistema respiratório

Nariz: O nariz é dividido em parte externa (visível), composto por dois ductos separados por um septo cartilaginoso. A parte interna do nariz forma a cavidade nasal que se comunica com a faringe através de aberturas chamadas cóanos. As principais funções desse órgão são: a filtração de grandes partículas, através de pelos e células ciliadas no interior do epitélio nasal, aquecimento do ar, a umidificação deste através de células secretoras de muco, recepção de estímulos olfatórios (odor) e modificação de vibrações da fala.

Faringe: A faringe encontra-se posterior a cavidade nasal e oral, é composta por músculos esquelético e coberta por uma túnica mucosa, atua como uma passagem para o ar e o alimento além de auxiliar na deglutição.

Laringe: Se conecta com a faringe e com a traqueia, abriga a cartilagem tireóidea e a epiglote, que atua fechando a abertura oral durante a respiração evitando assim que o alimento seja desviado para as vias respiratórias. É onde se encontra também as pregas vocais, que são capazes de vibrar emitindo diferentes sons durante a passagem do ar.

Traqueia: Composta por músculo liso e uma série de anéis cartilaginosos em formato de C voltados para parte posterior do corpo que evitam o colabamento da traqueia. A parte interna da traqueia possui células caliciformes ciliadas produtoras de muco que impedem que partículas como as de poeira cheguem ao pulmão, direcionando-as para faringe e boca. Essa estrutura bifurca em dois brônquios principais.

Brônquios: Se dividem em dois ramos principais diferentes, o brônquio esquerdo e o direito, que se posiciona mais verticalmente que o esquerdo. Os brônquios se dividem até a formação da árvore brônquica, onde são encontrados os bronquíolos e os alvéolos, por onde ocorre de fato as trocas gasosas (hematose), formando os sacos alveolares, estrutura semelhante a um cacho de uva. 

Pulmões: o sistema respiratório é composto por dois pulmões que possuem uma estrutura esponjosa, é envolvido por uma dupla membrana cerosa chamada de pleura, a pleura parietal (mais externa) se liga ao diafragma, importante músculo auxiliador da respiração mecânica. No pulmão esquerdo encontramos a impressão cardíaca, uma pequena concavidade causada pelo coração que fica acomodado levemente a esquerda do peito.

Fonte: https://www.biologianet.com/anatomia-fisiologia-animal/sistema-respiratorio.htm

Respiração Mecânica

A mecânica respiratória possui duas etapas, a inspiração e a expiração, realizadas com o auxílio do diafragma e dos músculos intercostais. Quando esses músculos se contraem, a caixa torácica se expande, pois, os pulmões estão aderidos ao diafragma pela pleura parietal, esse movimento permite que a pressão interna do pulmão diminua em relação a pressão atmosférica induzindo a entrada de ar nos pulmões, processo chamado de inspiração. No momento em que os músculos relaxam, a pressão interna dos pulmões aumenta e ocorre a saída de ar dos pulmões, processo esse chamado de expiração.

Fonte: https://blogfisioterapia.com.br/fisioterapia-respiratoria-na-pediatria/

 Acesse o portal InfoEnem e tenha acesso aos melhores conteúdos e informações sobre o Enem 2020!

Por quê, Porquê, Porque e Por que: aprenda a diferença entre cada um para não errar no Enem!

A língua portuguesa é de fato muito rica e por isso traz um grande número de possibilidades para algumas palavras e isso, às vezes, pode causar dúvidas aos falantes de seu idioma. Uma dessas dúvidas mais comuns está ligada ao uso dos “porquês”. Na fala não há motivo nenhum para preocupação, mas na hora da escrita em norma padrão quase sempre é feita uma consulta para saber a diferença entre um e outro e não fazer feio no texto.
https://infoenem.com.br/por-que-porque-porque-e-por-que-aprenda-a-diferenca-entre-cada-um-para-nao-errar-no-enem/

O que é SiSU?

É o sistema informatizado do MEC por meio do qual instituições públicas de ensino superior (federais e estaduais) oferecem vagas a candidatos participantes do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).
https://infoenem.com.br/como-funciona-o-sisu/

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

InfoEnem
InfoEnem

Portal InfoEnem - O portal mais completo do Enem. 10 anos abordando os principais assuntos do maior vestibular do país. - Artigos; - Notícias; - Apostilas; - Cursos On-line.