Conforme nota divulgada na página da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na última segunda-feira (07), o Conselho Universitário decidiu manter o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) e o Sistema de Seleção Unificada (SiSU) como critério único de acesso aos cursos de graduação da universidade. A etapa de Testes de Habilitação Específica (THE), exigida para os cursos como arquitetura, por exemplo, será preservada.

A adesão integral ao Enem/Sisu havia sido alvo de questionamentos com base no relatório da Comissão de Acompanhamento do Acesso aos Cursos de Graduação, que alegava que o sistema não cumpre o objetivo de democratizar o acesso ao ensino superior.

Já com relação ao sistema de cotas, a UFRJ continuará destinando 30% do total de vagas oferecidas em cada curso a candidatos que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas de ensino e que apresentem renda familiar de até um salário mínimo por pessoa.

De acordo com o reitor Carlos Antonio Levi da Conceição, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) determinando a constitucionalidade da reserva de cotas é importante, mas considera que há um compromisso mais urgente com o atendimento às carências sociais de uma forma mais ampla. E o que se pode fazer é priorizar as cotas sociais. “A política de ação afirmativa da UFRJ é muito mais abrangente. Ela não só atende o caráter de raça, mas também o social” explicou o reitor.

Segundo o Editalas regras já valerão para o acesso de estudantes para 2013, utilizando, portanto, as notas do Enem 2012.

Para mais informações veja a Resolução oficial.

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

InfoEnem
InfoEnem

Portal InfoEnem - O portal mais completo do Enem. 10 anos abordando os principais assuntos do maior vestibular do país. - Artigos; - Notícias; - Apostilas; - Cursos On-line.