A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) divulgou, nesta sexta-feira (01), a adoção do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), como instrumento de avaliação para ingresso nos cursos de graduação no primeiro semestre de 2013. A opção de manter o Enem no processo seletivo da universidade foi divulgada pelo vice-reitor, professor Télio Nobre Leite, durante entrevista coletiva concedida à imprensa no campus Petrolina Sede. Também participaram da coletiva o pró-reitor de Ensino, professor Leonardo Sampaio e a secretária de Registro e Controle Acadêmico, Alane Oliveira. A decisão sobre o Enem ocorreu com voto da maioria dos membros do Conselho Universitário (Conuni), em reunião realizada na última quarta-feira (30/05).

O tema ganhou maior notoriedade na região a dois meses atrás, após o prefeito da cidade de Petrolina (PE) encaminhar correspondência ao ministro da Educação Aloizio Mercadante pedindo o fim do uso do Enem como critério para seleção de estudantes na Univasf. O principal argumento utilizado na época é de que o Enem estaria prejudicando o acesso dos jovens nativos do semiárido na universidade, pois estes estariam perdendo as vagas para estudantes do Centro-Sul.

Durante o encontro com a imprensa, o vice-reitor destacou os estudos realizados pela Univasf sobre o Enem e cujos indicadores são favoráveis para a região. De acordo com os dados da pesquisa realizada pela Secretaria de Registro e controle Acadêmico (SRCA), os estudantes do Nordeste são maioria na Univasf, ocupando 93% das vagas. O estudo revela também que 76% dos candidatos aprovados na instituição são oriundos de seis mesorregiões dos estados de Pernambuco, Bahia e Piauí, e destes, cerca de 64% são das cidades de Petrolina, Juazeiro e municípios vizinhos.

O vice-reitor, Télio Nobre Leite também afirmou a importância da utilização do Enem como instrumento de seleção. “A proposta do Enem, além de possibilitar uma avaliação mais ampla dos conhecimentos dos candidatos, permite a democratização das vagas já que os inscritos podem fazer as provas em sua localidade de origem.”, disse. Desde 2010, a Univasf adota a nota do Enem como processo de avaliação.

Nos próximos meses, o Conuni deverá decidir sobre a utilização do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para o preenchimento das vagas. “O Enem e o Sisu são duas coisas distintas. O Conuni decidiu em sua última reunião, no dia 30 de maio, apenas a adesão ao Enem.”, enfatizou o pró-reitor Leonardo Sampaio.

 

Veja também:

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

InfoEnem
InfoEnem

Portal InfoEnem - O portal mais completo do Enem. 10 anos abordando os principais assuntos do maior vestibular do país. - Artigos; - Notícias; - Apostilas; - Cursos On-line.