Guia de Profissões 2014: Física Computacional

Física Computacional é um curso de grande interdisciplinariedade. Essa área teve início com o objetivo de utilizar métodos computacionais para resolver problemas físicos que não poderiam ser resolvidos algebricamente. Atualmente, a área ganhou novas aplicações tanto nas áreas de física e ciência da computação, como em neurociência e linguística, por exemplo.
Para falar mais sobre o curso, trazemos hoje uma entrevista com Edinei Oliveira, graduando de Física Computacional na Universidade de São Paulo (USP).

 
1- Por que escolheu o curso Física Computacional?
Escolhi o curso pois oferece uma formação em mais de uma área do conhecimento, tendo uma boa visão da física e da computação em um mesmo curso.

 
2– Na prática, sua visão sobre o curso mudou? Conte-nos um pouco sobre sua rotina.
Não mudou. O curso forma principalmente pesquisadores, usando a computação para resolver problemas físicos. É um curso bem puxado, a grade possui matérias de matemática (cálculo, álgebra linear); física teórica e prática (feita em laboratório) e computação (introdução à programação científica, estrutura de dados).

Com relação às atividades extracurriculares, existem várias que quem cursa física computacional pode se encaixar. Porém, a maioria delas estão relacionadas à área de computação, como grupos de criação de sites e softwares em geral.

Pra quem quer fazer algo com relação à física, precisa procurar uma iniciação científica. Existem vários grupos de pesquisa no instituto de física daqui da Universidade.

 
3– Quais os principais benefícios e dificuldades de fazer esse curso?
O grande benefício do curso é poder ter um bom conhecimento em mais de uma área, pois muitas vezes para resolver um problema físico ou mesmo um problema matemático sem a utilização do computador, o trabalho se torna muito complexo, então a formação do curso ajuda cientistas a ter uma forma de otimizar suas pesquisas.

O curso também é útil para quem quer trabalhar em empresas, na área de computação, pois forma um tipo de programador que pensa como um físico, podendo assim ter uma maior facilidade para pensar como resolver problemas. Com relação à dificuldade, é um curso bem complicado, pois estuda-se muita coisa ao mesmo tempo, com grande aprofundamento em física, computação e matemática, além de ser exigida uma maturidade matemática muito grande desde o começo do curso. Por exemplo, temos que saber resolver em Física 2 (cursada no segundo semestre) conteúdos que são aprendidos apenas em outra matéria do terceiro semestre do curso.

 
4- Quais as principais características que você acredita serem necessárias para quem escolher esse curso?
Para escolher esse curso, a pessoa precisa gostar muito de estudar, se interessar por conhecer cada vez mais, gostar de computação (principalmente a área de programação), de física e ter aptidão para matemática, pois sem a matemática não conseguirá resolver nem problemas de física nem de computação.

 
5- Gostaríamos que você desse dicas, conselhos ou qualquer outro tipo de informação que ajude nossos leitores a decidir seguir (ou não) a sua profissão.
Para quem pretende escolher o curso de física computacional, tem que saber que a principal área de atuação será a pesquisa, muito provável que quem terminar esse curso irá atuar na área acadêmica. Porém, existem chances de um físico computacional trabalhar em empresas, visto que o mercado está crescendo e algumas empresas procuram contratar físicos por sua forma diferente de pensar. Também existe a possibilidade de trabalhar no mercado financeiro (como bancos), mas acredito que quem procura a carreira opta mais pela academia.

Outra informação importante sobre o curso é que o número de pessoas que o terminam é bem menor do que começam. E quem também pensa em escolher o curso pelo salário tem que saber que não é uma carreira que não as enriqueçam, eventualmente alguém consegue ganhar além do estimado; mas isso não quer dizer que quem escolhe ser um físico computacional vai passar fome: vai ter uma situação financeira no mínimo tranquila.

Em breve, mais entrevistas da série Guia de profissões 2014 do nosso portal.

 


Nossa equipe agradece ao estudante Edinei Oliveira por ter atendido nosso pedido e concedido essa esclarecedora entrevista.

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

InfoEnem
InfoEnem

Portal InfoEnem - O portal mais completo do Enem. 10 anos abordando os principais assuntos do maior vestibular do país. - Artigos; - Notícias; - Apostilas; - Cursos On-line.