Por Fernando Buglia.

Nós, do infoenem , recebemos diariamente inúmeros comentários e emails a respeito do Programa Universidades para Todos. Diversas dessas mensagens apresentam uma confusão na forma correta de abreviar o programa.

Afinal, é “tudo junto” ou separado? O título acima, que pode ser interpretado como um singelo engano gramatical, é, na verdade, a ponta do iceberg de uma discussão muito maior.

Criado pelo governo federal em 2004 com finalidade de conceder bolsas de estudos  a alunos sem diploma de nível superior, em instituições de educação superior privadas, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, o programa tem recebido duras críticas de diversas naturezas.

A forma como foi instituído e o uso do dinheiro público que acaba nos cofres das universidades particulares são, certamente, as maiores vitrines alvos das pedradas dos contrários ao programa.

Nada contra as pedras. Alias, longe disso. Acredito que pedras voando em direções as vitrines fazem parte de um cenário que possibilite os grandes debates e a construção de um país mais justo.

Queria apenas ressaltar a importância de discussões que foquem realmente na melhoria do bem comum. O confronto de ideias deve ser livre de questões partidárias e  fundamentado em informações de indiscutível qualidade.

O programa de bolsas do governo tem seus méritos e não são poucos. Desde sua implantação já foi concedido mais de um (1) milhão de bolsas de estudos. Certamente a maioria desses estudantes que foram beneficiados não teria acesso ao ensino superior sem essa oportunidade.

Acredito ser indiscutível a percepção de (esse programa) ser uma tentativa de democratizar o acesso ao ensino superior. Num país já tão escasso de oportunidades aos menos favorecidos, a ideia dessa iniciativa sempre me agradou.

O programa é suficiente para acabar com essas desigualdades? Claro que não! Ele apresenta erros? Evidente que sim. Aliás, esse espaço está aberto para isso. O que você acha que deveria mudar e/ou melhorar?

Entenda, estude e leia a opinião de pessoas que são a favor e contra o programa. Argumente, deixando de lado, caso tenha, seu partido.

E certifique-se de, ao menos, não errar o nome do assunto que irá discorrer.

A propósito, é Prouni, tudo junto.

 

*Fernando Buglia é formado em física pela UNICAMP e atua como professor de ensino médio e cursinho pré-vestibular na rede particular. Também é um dos criadores do site Infoenem.

 

Veja também:

Sobre o Autor

InfoEnem
InfoEnem

Portal InfoEnem - O portal mais completo do Enem. 10 anos abordando os principais assuntos do maior vestibular do país. - Artigos; - Notícias; - Apostilas; - Cursos On-line.