O portal do Ministério da Educação (MEC) divulgou, na tarde de ontem (12), alguns dados estatísticos do Programa de Financiamento Estudantil (Fies), que possibilita os estudantes de instituições particulares de ensino superior financiar parte ou até mesmo 100% de sua mensalidade.

A nota comunica que o programa teve em 2012, até o início deste mês de março, 75 mil contratos firmados com instituições privadas. A título de comparação, em 2010 o programa registrou 75.603 financiamentos e no ano passado, 152.406. Segundo o portal do MEC, as facilidades para obter o financiamento do curso de graduação têm atraído cada vez mais estudantes, e a meta para este ano é de 200 mil novos beneficiados.

Paula Branco de Mello, diretora de políticas e programas de graduação da Secretaria de Educação Superior do MEC, explica que a adesão das instituições privadas de ensino superior ao Fies é voluntária e, portanto, são elas que determinam o valor de bolsas a serem financiadas. “Chegado ao limite de financiamento daquela instituição, o estudante deverá procurar outra que ofereça o mesmo curso”, orienta. Atualmente, 1.400 instituições em todo o Brasil participam do programa.

Para difundir as vantagens do novo Fies entre os jovens, o MEC pôs no ar uma campanha institucional veiculada nas rádios de todo o país, até o dia 15 de março. Tal campanha tem como objetivo tornar conhecido o programa de financiamento e permitir que estudantes com dificuldades financeiras possam ingressar na faculdade ou terminar o curso em que estão matriculados.

A nota ainda esclareceu algumas regras básicas do Fies. Entre elas, explica que o prazo de pagamento para o estudante é o triplo do tempo de utilização do financiamento mais 12 meses, com 18 meses de carência. Ou seja, para um curso com duração de quatro anos, o estudante terá 14 anos e meio para pagar a dívida. Os juros são de 3,4% ao ano e é possível financiar até 100% da mensalidade, dependendo da instituição. Além disso, os estudantes de licenciatura e medicina que se dispuserem a trabalhar nas redes públicas de educação e saúde amortizam sem dispêndio 1% da dívida consolidada por mês de trabalho.

Vale lembrar ainda que estudantes beneficiados pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) contemplados com bolsas de 50%, podem financiar o restante da mensalidade através do Fies.

Para inscrição e mais informações sobre o programa, acesse a página sisfiesportal.mec.gov.br.

 

Veja também:

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

InfoEnem
InfoEnem

Portal InfoEnem - O portal mais completo do Enem. 10 anos abordando os principais assuntos do maior vestibular do país. - Artigos; - Notícias; - Apostilas; - Cursos On-line.