Possibilidades para a Redação do Enem 2021: Impostos

Um dos assuntos que mais permeia o dia a dia dos brasileiros com certeza é a cobrança de impostos. Sendo um dos países com as mais altas taxas do mundo e com os brasileiros trabalhando em torno de cinco meses anualmente apenas para o pagamento dos impostos, é até de se admirar que esse tema ainda não tenha sido tratado na redação do Enem.

A princípio, há um ponto a ser considerado e relembrado: a prova (assim como a redação) é elaborada pelo Inep, em conjunto e com a aprovação do Ministério da Educação. Sendo assim, é ingênuo pensarmos que haveria algum tipo de autocrítica por parte do governo, como a má administração e aplicação dos impostos pagos pela população pelos governos federal, estadual e municipal. Portanto, o foco nas possibilidades deve deixar os desvios e mau uso dos impostos pagos em segundo plano, como uma chance remota.

Além dos problemas no uso do dinheiro pago pelos brasileiros para retorno na saúde, segurança, educação etc., no entanto, há outros que vêm “de baixo para cima”, perpetuando a cultura de corrupção por todos os âmbitos sociais, inclusive (e talvez principalmente) entre civis. A sonegação de impostos e a irregularidade de imóveis e veículos podem ser exemplos de questões relacionadas a impostos, mais atreladas à sociedade brasileira como um todo ao invés do corpo político, e por isso mais possíveis de serem tratadas como uma questão socioeconômica na prova.

Para produzir uma boa dissertação argumentativa, lembrar de todas essas questões e possibilidades é o início, mas é necessário também estar bem informado. No caso dos impostos, não só para a redação, mas para a vida, conhecer os impostos cobrados pelos governos e quais deles são cobrados por qual esfera (municipal, estadual ou federal) é bastante importante. Também, conhecer os índices de sonegação e irregularidades relacionadas a impostos (imóveis e veículos não registrados, por exemplo) pode ser uma ótima “munição” para uma redação com algum desses tópicos.

Ao desenvolver os argumentos para culminar na proposta de intervenção, é necessário estabelecer a sonegação e as irregularidades como problemas que afetam e muito o desenvolvimento social e o acesso dos brasileiros a serviços que são de direito. Defender a tese de que o governo é corrupto (o que seria, isoladamente, verdadeiro) para justificar e estabelecer os crimes fiscais cometidos pelos civis como “justos” não é uma saída, já que não se conserta um erro cometendo outro. Tanto a corrupção quanto as sonegações são maléficas e prejudicam a arrecadação e, consequentemente, o uso desses impostos para melhorias e serviços básicos. É preciso ater-se ao erro em questão e tratá-lo como tal, propondo soluções, como o Enem sempre pede.

O que acharam da possibilidade de tema dessa semana? Quais outros subtemas relacionados a impostos creem que o Enem pode trazer? Já escreveram alguma redação sobre isso na escola ou em algum curso? Contem tudo pra gente nos comentários e até a semana que vem!

Além das postagens sobre os temas de redação toda semana, você pode se preparar ainda mais para a prova de redação do Enem com o curso de redação Nota 1000 do portal InfoEnem! Você fará redações que serão corrigidas no mesmo modelo do Enem, e receberá comentários e dicas da nossa equipe! Clique aqui para saber mais sobre o curso de redação!

Acesse o portal InfoEnem e tenha acesso aos melhores conteúdos e informações sobre o Enem 2021!

Por quê, Porquê, Porque e Por que: aprenda a diferença entre cada um para não errar no Enem!

A língua portuguesa é de fato muito rica e por isso traz um grande número de possibilidades para algumas palavras e isso, às vezes, pode causar dúvidas aos falantes de seu idioma. Uma dessas dúvidas mais comuns está ligada ao uso dos “porquês”. Na fala não há motivo nenhum para preocupação, mas na hora da escrita em norma padrão quase sempre é feita uma consulta para saber a diferença entre um e outro e não fazer feio no texto.
https://infoenem.com.br/por-que-porque-porque-e-por-que-aprenda-a-diferenca-entre-cada-um-para-nao-errar-no-enem/

O que é SiSU?

É o sistema informatizado do MEC por meio do qual instituições públicas de ensino superior (federais e estaduais) oferecem vagas a candidatos participantes do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).
https://infoenem.com.br/como-funciona-o-sisu/

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Vanessa Christine Ramos Reck
Vanessa Christine Ramos Reck

Possui graduação em Letras - Língua Portuguesa pela Universidade Estadual de Campinas(2011). Tem experiência na área de Letras. http://lattes.cnpq.br/6444202678156917