Redação no Enem: Objetividade e Clareza

Prezados leitores,

Antes de dar início ao texto de hoje, gostaria de explicar a vocês o motivo pelo qual a coluna de redação não foi publicada na última quinta-feira, dia 23 de julho de 2015. Na quarta-feira, dia 22, minha avó paterna faleceu em Capela do Alto, cidadezinha do interior de São Paulo, e eu não tive condições psicológicas nem tempo hábil para escrever o texto, pois sempre com a dor, a saudade e o sofrimento vêm os trâmites e as providências após o falecimento de um ente querido.

Como esta foi a primeira vez que não publiquei a coluna de redação desde o início da minha colaboração com o infoEnem, senti-me na obrigação de explicar a situação a vocês, leitores e de agradecer o apoio de toda a equipe do portal neste momento difícil.

Após estas considerações, vamos ao texto de hoje.

Ao longo do trabalho de avaliação e correção no Curso de Redação do infoEnem, venho percebendo algumas tendências equivocadas de alguns alunos ao escreverem suas dissertações-argumentativas e, duas delas, é a falta de objetividade e de clareza ao tratarem dos temas das propostas de redação.

Vários alunos pensam que empregar palavras pouco usuais ou escrever de modo “difícil” e rebuscado é o mais adequado, pois pode chamar a atenção do corretor e demonstrar uma possível complexidade, mas isso é um equívoco. Na grande maioria das vezes, essa escrita complicada resulta em falta de objetividade e clareza, pois o texto fica circular, isto é, não nos diz nada no fim das contas e deixa o leitor com lacunas e dúvidas.

 
Treinar Redação

 
Primeiramente, o candidato ao Enem ou a qualquer outro exame ou vestibular não deve pensar no corretor no momento de escrever a sua redação, seja ela de que tipo textual ou gênero for. Um leitor universal deve ser imaginado, ou seja, qualquer pessoa deve ser capaz de ler e de compreender o texto que está sendo escrito e, por isso, a objetividade e a clareza são tão importantes, já que o leitor pode ser qualquer um e de qualquer lugar.

Neste sentido, mesmo que brevemente, por questões de espaço, tudo deve ser explicado e justificado ao seu leitor; o candidato nunca deve pressupor que seu leitor saiba do que está sendo posto nem é obrigado a adivinhar o que o autor quis dizer. Para tanto, organização e planejamento são fundamentais para que a dissertação-argumentativa desenvolva profundamente, sem ultrapassar o limite de linhas, a tese do autor de modo objetivo e claro ao leitor.

Outro equívoco cometido por alguns alunos é escrever de um modo muito abrangente, quase filosófico quando, na verdade, normalmente, os temas das propostas de redação do Enem são temas situados no contexto social, histórico, político e cultural brasileiro e não no âmbito mundial, internacional. O mais adequado é contextualizar o tema no cenário brasileiro e não falar em “sociedades humanas”, em “civilização”, “ser humano” etc.

As primeiras propostas de redação do Enem eram, de fato, abrangentes, mas já há muito tempo elas são mais específicas e restritas ao Brasil e isso deve ser levado em consideração no momento da produção textual a fim de cumprir o tema e de demonstrar compreensão da proposta de redação como um todo.

Portanto, simplicidade, objetividade, clareza e contextualização são quatro aspectos essenciais que não podem e não devem ser esquecidos pelos candidatos ao Enem 2015.

Até mais!

 


*CAMILA DALLA POZZA PEREIRA é graduada e mestranda em Letras/Português pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Atualmente trabalha na área da Educação exercendo funções relacionadas ao ensino de Língua Portuguesa, Literatura e Redação. Foi corretora de redação em importantes universidades públicas. Além disso, também participou de avaliações e produções de vários materiais didáticos, inclusive prestando serviço ao Ministério da Educação (MEC).

 
**Camila é colunista semanal sobre redação do nosso portal. Seus textos são publicados todas as quintas! Também é uma das professoras do Programa de Correção de Redação do infoEnem.

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Fernando Buglia
Fernando Buglia

Físico formado pela Unicamp, professor de cursinho pré-vestibular e um dos proprietários do portal infoEnem.