Conforme registrado pelo Ministério da Educação (MEC) após o encerramento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), na noite do último domingo (04), 27,9% dos mais de 5,7 milhões de inscritos não compareceram às provas. Esse percentual equivale a mais de 1,6 milhão de candidatos e acarreta um custo aproximado de R$ 90,4 milhões para o MEC.

Apesar de ser elevado, esse percentual de abstenção não é novidade no Enem, mesmo com a importância enorme adquirida a partir de 2009, após sua reformulação. Para se ter uma ideia, em 2010, a taxa de faltantes foi de 28%, enquanto em 2011 foi de 26,4%. Vale ressaltar ainda que o custo por candidato desta edição do Enem subiu R$ 8 em relação ao ano passado, chegando a R$ 55,98.

Como você pôde perceber, o custo do Enem vem subindo a cada ano enquanto a taxa de abstenção se mantém constante, ou seja, a cada edição fica mais caro para o MEC sustentar essa quantidade altíssima de candidatos faltosos.

Diante dessa situação, o MEC encomendou ao Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) um estudo com o objetivo de reduzir o número de candidatos que se inscrevem no exame e não comparecem às provas. Apesar dos altos índices dos anos anteriores, o Inep nunca buscou entender o porquê da abstenção.

A intenção do órgão é definir um padrão no perfil dos faltosos, identificando se existe variação da abstenção por região e idade e se predominam candidatos treineiros e/ou isentos. É importante lembrar que nesta edição praticamente 70% dos inscritos foram isentos da taxa de R$ 35.

Segundo informações do site Estadão, tal estudo foi um pedido pessoal do ministro da Educação, Aloizio Mercadante, ao presidente do Inep, Luiz Cláudio Costa, que está otimista em relação ao assunto. “ Tenho convicção de que é possível construir uma política para reduzir esses índices”, declarou o presidente do instituto.

O primeiro passo para redução desse prejuízo foi dado. A análise deve ficar pronta em 20 dias, e os resultados serão divulgados aqui no infoEnem.

Sobre o Autor

InfoEnem
InfoEnem

Portal InfoEnem - O portal mais completo do Enem. 10 anos abordando os principais assuntos do maior vestibular do país. - Artigos; - Notícias; - Apostilas; - Cursos On-line.