Possibilidades para a Redação do Enem 2021: Preservação da Memória Histórica e Cultural no Brasil

Dentre as possibilidades de temas para as propostas de redação do Enem há temas duradouros, com questões que permeiam conversas ao longo de muito tempo, e temas que surgem ou acabam ficando mais populares em um período específico. O assunto da semana encaixa-se em ambos. A preservação da memória histórica e cultural em nosso país virou assunto recentemente por conta de incêndios em importantes repositórios, mas, ao mesmo tempo, pode surgir como dissertação a ser desenvolvida na prova em novembro simplesmente por ser algo a ser levado em consideração ao longo do tempo.

O incêndio recente da Cinemateca Nacional, em 2021, reativou um debate que tinha começado há algum tempo, pelo menos desde outro incêndio que atingiu o Museu Nacional em 2018: a falta de investimento no cuidado às memórias e à cultura nacionais. Sendo assim, para ficar bem informado na questão, é interessante conferir as notícias acerca dos dois eventos e prestar atenção no depoimento dos envolvidos. As acusações dos responsáveis por cada um desses lugares é de que houve corte de verbas e negligência por parte dos governos. Outro dado importante a ser conhecido e analisado nesse contexto é justamente a verba destinada a cada um desses lugares e a comparação com as afirmações de insuficiência. Por fim, conhecer os museus, as cinematecas e todas as instituições brasileiras que se dedicam à preservação da história e da cultura do Brasil e do mundo pode ser um ótimo investimento de tempo de pesquisa (e até mesmo de visitas presenciais!).

Ao reunir informações sobre esse tipo de instituição, vai ficar bastante simples comprovar a importância e a necessidade de cada uma delas, bem como os malefícios de ignorar e descuidar da preservação das mesmas. Além disso, caso a negligência estatal seja trazida para a pauta na proposta, é possível, infelizmente, exemplificar com dados recentes o descaso para com a preservação da memória e da cultura nacionais, basta retomar os incêndios citados acima e suas causas, bem como outros que já ocorreram, como o do Museu da Língua Portuguesa em 2015 e, até mesmo, os repetitivos incêndios já ocorridos na Cinemateca (que já passou por 5 deles).

Após argumentar acerca da importância de todas essas instituições e da preservação da memória e da cultura, é hora de apresentar as propostas de intervenção. Leis permanentes de preservação e garantia de verbas de funcionamento são provavelmente as melhores sugestões a serem detalhadas na dissertação, estejam elas relacionadas ao descaso trazido pela prova na pauta ou à necessidade geral de cuidados que museus e locais dedicados a esse tipo de preservação têm. É só lembrar de, como sempre, detalhar muito bem cada lei e/ou garantia de verba na possível solução apresentada.

O que acharam do tema desta semana? Já dissertaram sobre algo parecido? Acham-no mais fácil ou mais difícil do que outros possíveis temas dos quais já falamos por aqui? Contem tudo pra gente nos comentários e até a próxima!

Além das postagens sobre os temas de redação toda semana, você pode se preparar ainda mais para a prova de redação do Enem com o curso de redação Nota 1000 do portal InfoEnem! Você fará redações que serão corrigidas no mesmo modelo do Enem, e receberá comentários e dicas da nossa equipe! Clique aqui para saber mais sobre o curso de redação!

Acesse o portal InfoEnem e tenha acesso aos melhores conteúdos e informações sobre o Enem 2021!

Por quê, Porquê, Porque e Por que: aprenda a diferença entre cada um para não errar no Enem!

A língua portuguesa é de fato muito rica e por isso traz um grande número de possibilidades para algumas palavras e isso, às vezes, pode causar dúvidas aos falantes de seu idioma. Uma dessas dúvidas mais comuns está ligada ao uso dos “porquês”. Na fala não há motivo nenhum para preocupação, mas na hora da escrita em norma padrão quase sempre é feita uma consulta para saber a diferença entre um e outro e não fazer feio no texto.
https://infoenem.com.br/por-que-porque-porque-e-por-que-aprenda-a-diferenca-entre-cada-um-para-nao-errar-no-enem/

O que é SiSU?

É o sistema informatizado do MEC por meio do qual instituições públicas de ensino superior (federais e estaduais) oferecem vagas a candidatos participantes do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).
https://infoenem.com.br/como-funciona-o-sisu/

Sobre o Autor

Vanessa Christine Ramos Reck
Vanessa Christine Ramos Reck

Possui graduação em Letras - Língua Portuguesa pela Universidade Estadual de Campinas(2011). Tem experiência na área de Letras. http://lattes.cnpq.br/6444202678156917