A Redação na FUVEST em 2011

No ano de 2011, o assunto proposto pela FUVEST requeria uma reflexão extremamente profunda e ainda mais abrangente que a de anos anteriores tratados nesta coluna. A frase temática “O altruísmo e o pensamento a longo prazo ainda têm lugar no mundo contemporâneo?” incitava no aluno/candidato um questionamento muito além de reflexões internas e opiniões pessoais acerca de tópicos vistos nos noticiários, por exemplo. Vamos relembrar os excertos:

Os dois primeiros textos contam a experiência do paisagista Roberto Burle Marx ao trazer uma planta que floresce apenas uma vez a cada 50 anos para o Rio de Janeiro. Ele foi questionado sobre o porquê de plantar algo que ele não veria florescer. Sua resposta foi a de que alguém plantou para que ele pudesse vê-las e, portanto, ele queria fazer o mesmo para que no futuro outras pessoas pudessem ver. Em seguida, há dois trechos retirados de livros de Bauman, que mencionam o egocentrismo e falta de senso de solidariedade e pensamento a longo prazo. As duplas de texto se opõem completamente: de um lado, um paisagista que quer mostrar as flores de uma espécie para pessoas de um futuro relativamente distante. De outro, um sociólogo que afirma que não há mais espaço para esse tipo de consideração na sociedade de hoje em dia.

No caso deste tema, seria bastante interessante iniciar a produção com uma explicação de onde veio o comportamento individualista atual. Ele é resultado do sistema capitalista, de uma cultura comportamental implantada ou ambos? Com essas questões em mãos (e respondendo-as na introdução da redação), há a possibilidade de citar filósofos, sociólogos e estudiosos contemporâneos que embasem o posicionamento em relação às mesmas. O próprio Bauman seria uma boa opção, já que há inúmeros momentos em suas obras em que o sociólogo reflete sobre o comportamento social atual. Feito isso, é importante estabelecer os prós e contras deste comportamento individualista atual. Por um lado, há grandes crescimentos individuais e cada um é incentivado a seguir sonhos sem dar atenção a julgamentos, que por si só também têm diminuído em relação à vida pessoal, já que cada vez mais cada um “cuida da própria vida”. No entanto, juntamente com o foco em si mesmo, há um certo esquecimento de que se vive em sociedade e de que haverá pessoas habitando o planeta quando não estivermos mais aqui. Regras são necessárias para uma convivência social harmoniosa e o cuidado com o planeta é necessário para garanti-lo habitável para as gerações futuras. Negar ambas as coisas é de um egoísmo sem tamanho. E estes são apenas alguns exemplos de argumentos possíveis para o desenvolvimento.

Depois de estabelecer os prós e contras do comportamento individualista contemporâneo, apesar de a redação da FUVEST não exigir uma proposta de intervenção, essa pode ser uma ótima ideia para encerrar o texto. O que poderia ser feito para que se encontre um equilíbrio entre o individualismo e o pensamento a longo prazo, bem como o altruísmo e a convivência em sociedade? Como educar as crianças nesse caminho? Mais enigmático ainda, como educar os adultos para isso, já que não temos tanto tempo assim para começar a instaurar mudanças (segundo os cientistas, faltam alguns poucos anos para que o aquecimento global se torne irreversível, por exemplo)? São questões bastante complexas, mas que podem ser resolvidas com as sugestões e colaboração de todos, principalmente a sua! É justamente por isso que a FUVEST, assim como tantos outros vestibulares, quer que reflita sobre esse tipo de tópico. Essa reflexão não deve se encerrar ali na prova, mas pode e deve ser levada para sua convivência em sociedade.

O que acharam do tema desta semana? Qual é a sua opinião sobre ele? Concorda que o individualismo e a falta de altruísmo (inclusive com as gerações futuras) são exacerbados hoje em dia? O que sugeriria para revertermos a situação? Conte tudo pra gente nos comentários e até a semana que vem!

Além das postagens sobre os temas de redação toda semana, você pode se preparar ainda mais para a prova de redação do Enem com o curso de redação Nota 1000 do portal InfoEnem! Você fará redações que serão corrigidas no mesmo modelo do Enem, e receberá comentários e dicas da nossa equipe! Clique aqui para saber mais sobre o curso de redação!

Acesse o portal InfoEnem e tenha acesso aos melhores conteúdos e informações sobre o Enem 2020!

Por quê, Porquê, Porque e Por que: aprenda a diferença entre cada um para não errar no Enem!

A língua portuguesa é de fato muito rica e por isso traz um grande número de possibilidades para algumas palavras e isso, às vezes, pode causar dúvidas aos falantes de seu idioma. Uma dessas dúvidas mais comuns está ligada ao uso dos “porquês”. Na fala não há motivo nenhum para preocupação, mas na hora da escrita em norma padrão quase sempre é feita uma consulta para saber a diferença entre um e outro e não fazer feio no texto.
https://infoenem.com.br/por-que-porque-porque-e-por-que-aprenda-a-diferenca-entre-cada-um-para-nao-errar-no-enem/

O que é SiSU?

É o sistema informatizado do MEC por meio do qual instituições públicas de ensino superior (federais e estaduais) oferecem vagas a candidatos participantes do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).
https://infoenem.com.br/como-funciona-o-sisu/

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Vanessa Christine Ramos Reck
Vanessa Christine Ramos Reck

Possui graduação em Letras - Língua Portuguesa pela Universidade Estadual de Campinas(2011). Tem experiência na área de Letras. http://lattes.cnpq.br/6444202678156917