Diferença entre eletrólise ígnea e aquosa

Em nossa postagem de hoje vamos estudar sobre um conteúdo muito importante para as questões de química no Enem, que é a eletrólise. Para isso, além de apresentarmos a diferença entre a eletrólise ígnea e a aquosa, apresentaremos ao final da postagem uma questão retirada do próprio Enem, com o objetivo de demonstrar como este conteúdo é normalmente abordado no exame.

De maneira geral, a eletrólise é definida como um processo não espontâneo em que se produz energia química por meio da energia elétrica. Nos processos de eletrólise, a corrente elétrica passa sobre um sistema líquido onde existem diversos íons, que resultam em reações químicas. Dentro deste longo assunto, temos dois tipos principais de eletrólise: a ígnea e a aquosa. Vamos estudar a diferença entre elas a seguir.

Eletrólise ígnea

Como falamos no parágrafo anterior, nos processos de eletrólise é necessária a presença de um sistema líquido para as reações, e é justamente esse sistema nosso foco principal. Quando esse sistema líquido resulta da fusão de uma substância, a eletrólise será denominada ígnea. Este tipo de eletrólise é muito importante pois permite a produção de elementos químicos que não existem de maneira isolada na natureza.

Eletrólise aquosa

Já na eletrólise aquosa, o sistema líquido é formado através de uma solução aquosa, onde os íons presentes nesta solução desencadeiam reações, que resultam na produção de energia química. Perceba que a eletrólise ocorre exatamente de maneira contrária à uma pilha: enquanto a pilha é um processo espontâneo e transforma energia química em energia elétrica, a eletrólise é um processo não espontâneo que realiza a transformação da energia elétrica em energia química.

Os processos e reações químicas que podem ocorrer durante os processos de eletrólise também são importantes, mas trataremos deste assunto adiante. Neste momento, devemos entender como estes processos funcionam, além de compreender a diferença entre estes tipos de eletrólise.

Questão do Enem

Com o objetivo de ilustrar como este conteúdo é cobrado nas provas do Enem, vamos apresentar a seguir uma questão retirada do próprio exame, que utiliza os conteúdos que vimos em nossa postagem.

A eletrólise é um processo que separa os elementos químicos de um composto através do uso da eletricidade. Resumindo, procede-se primeiro à decomposição (ionização ou dissociação) do composto em íons e, posteriormente, com a passagem de uma corrente contínua através destes íons, são obtidos os elementos químicos. Em muitos casos, dependendo da substância a ser eletrolisada e do meio em que ela ocorre, além de formar elementos ocorre também a formação de novos compostos. O processo da eletrólise é uma reação de oxirredução oposta àquela que ocorre numa célula galvânica, sendo, portanto, um fenômeno físico-químico não espontâneo.

Assinale a alternativa incorreta:

a) Eletrólise ígnea é a reação química provocada pela passagem de corrente elétrica através de um composto iônico fundido.

b) Eletrólise aquosa é a reação química provocada pela passagem de corrente elétrica por meio de uma solução aquosa de um eletrólito.

c) Com a eletrólise podemos produzir substâncias na indústria química como a soda cáustica e hipocloritos.

d) A ddp negativa indica que a reação é espontânea e que poderá ser usada para gerar corrente elétrica.

e) Na eletrólise de uma solução aquosa de KI, o íon iodeto, quando volta a ser átomo, perde um elétron.

Alternativa correta: d.

Acesse o portal InfoEnem e tenha acesso aos melhores conteúdos e informações sobre o Enem 2020!

Por quê, Porquê, Porque e Por que: aprenda a diferença entre cada um para não errar no Enem!

A língua portuguesa é de fato muito rica e por isso traz um grande número de possibilidades para algumas palavras e isso, às vezes, pode causar dúvidas aos falantes de seu idioma. Uma dessas dúvidas mais comuns está ligada ao uso dos “porquês”. Na fala não há motivo nenhum para preocupação, mas na hora da escrita em norma padrão quase sempre é feita uma consulta para saber a diferença entre um e outro e não fazer feio no texto.
https://infoenem.com.br/por-que-porque-porque-e-por-que-aprenda-a-diferenca-entre-cada-um-para-nao-errar-no-enem/

O que é SiSU?

É o sistema informatizado do MEC por meio do qual instituições públicas de ensino superior (federais e estaduais) oferecem vagas a candidatos participantes do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).
https://infoenem.com.br/como-funciona-o-sisu/

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!