Entenda Tudo Sobre a Queda Livre!

Nas questões de física que compõem o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a queda livre costuma aparecer com frequência. Diante disso, os alunos que desejam obter o melhor rendimento neste exame devem entender os conceitos e variáveis que estão relacionadas com este assunto. Baseado nisso, vamos apresentar a seguir tudo o que você precisa saber sobre a queda livre, comentando sobre as equações envolvidas nesse assunto e também quais são as variáveis que influenciam neste movimento.

O que é a queda livre?

Primeiramente, é importante compreender o que é a queda livre e quando este fenômeno ocorre. A queda livre ocorre quando um determinado corpo está sob influência da gravidade. Assim, quando é abandonado a partir do repouso, o corpo se desloca verticalmente para baixo, uma vez que está sob a ação da força da gravidade.

Para este tipo de movimento, é possível utilizar algumas equações do movimento retilíneo uniformemente variado (MRUV), como a equação da aceleração e a Equação de Torricelli. Nestes casos, podemos utilizar diretamente a aceleração da gravidade (g) nas equações. Assim, as principais equações utilizadas neste movimento são:

Fatores que influenciam na queda livre

Depois de conhecer as principais equações que estão relacionadas com o assunto, fica mais fácil entender o que ocorre na queda livre. Este tipo de movimento se enquadra dentro do MRUV, com algumas particularidades. Com isso, podemos levantar alguns fatores que influenciam na queda livre, como:

  • Aceleração da gravidade: Sem dúvidas, a aceleração da gravidade é um dos fatores mais importantes dentro da queda livre. Afinal, a aceleração da gravidade (g) está presente em todas as equações utilizadas neste movimento, e fará total diferença na solução destes exercícios. Sendo assim, lembre-se sempre de avaliar o valor da gravidade! É claro que quando consideramos este movimento na superfície terrestre, o valor da gravidade será praticamente o mesmo. No entanto, alguns problemas podem trazer outros valores para a gravidade. Então, fique atento!
  • Resistência do ar: Na grande maioria dos problemas de nível médio, a resistência do ar é desprezada nos cálculos que envolvem a queda livre. Apesar disso, esta variável está presente sim no movimento, e deve ser considerada durante os seus cálculos. Por exemplo, considere o tempo de queda entre uma folha de papel amassada e uma folha em condições normais. A amassada tende a cair mais rápido, e todas as propriedades e variáveis são as mesmas. Assim, é a resistência do ar a responsável por essa influência, e ela deve ser considerada durante os problemas!

Dessa maneira, foram apresentadas ao longo desta publicação as principais informações sobre a queda livre. Por ser um assunto cobrado com frequência nas provas do Enem, a queda livre deve ser estudada e entendida pelos alunos. Ao longo dessa publicação, o aluno pôde compreender tópicos importantíssimos para o assunto, que certamente o ajudarão a resolver as provas de física do Enem!

Acesse o portal InfoEnem e tenha acesso aos melhores conteúdos e informações sobre o Enem 2022!

Por quê, Porquê, Porque e Por que: aprenda a diferença entre cada um para não errar no Enem!

A língua portuguesa é de fato muito rica e por isso traz um grande número de possibilidades para algumas palavras e isso, às vezes, pode causar dúvidas aos falantes de seu idioma. Uma dessas dúvidas mais comuns está ligada ao uso dos “porquês”. Na fala não há motivo nenhum para preocupação, mas na hora da escrita em norma padrão quase sempre é feita uma consulta para saber a diferença entre um e outro e não fazer feio no texto.
https://infoenem.com.br/por-que-porque-porque-e-por-que-aprenda-a-diferenca-entre-cada-um-para-nao-errar-no-enem/

O que é SiSU?

É o sistema informatizado do MEC por meio do qual instituições públicas de ensino superior (federais e estaduais) oferecem vagas a candidatos participantes do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).
https://infoenem.com.br/como-funciona-o-sisu/

Tags: | |