Letras Maiúsculas e Minúsculas

Assim como no caso do tema da semana passada, a divisão silábica, as letras maiúsculas e minúsculas podem parecer um tema trivial e até simples demais. No entanto, justamente por isso, sua utilização perfeita pode ser cobrada com mais rigidez na correção da norma padrão da língua portuguesa em concursos e vestibulares. Como se trata de algo que aprendemos nas séries iniciais, a rigidez ao cobrá-las faz sentido, já que esse uso deve estar bem consolidado.

Vamos relembrar, então, quando devemos usar cada uma:

Letras Maiúsculas

As letras maiúsculas são utilizadas, obrigatoriamente, nos seguintes casos:

  • No início de frases;
  • Em nomes próprios, sejam eles de pessoas, lugares, marcas etc. (João, Microsoft, Campinas);
  • Nos nomes das datas comemorativas/feriados (Natal, Halloween, Independência);
  • Em siglas (IBGE, INEP, ONU, STF), algumas abreviaturas, especialmente as de tratamento (V. Exa. – Vossa Excelência, ) e símbolos, como os de elementos químicos (Na – Sódio, Mg – Magnésio, H – Hélio);
  • Nomes de instituições e repartições (Sistema Único de Saúde, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, Secretaria Municipal da Saúde)

Letras Minúsculas

As letras minúsculas talvez tragam até um pouco mais de confusão em alguns casos, já que determinadas palavras podem parecer precisar de letras maiúsculas, mas na realidade não precisam. Vamos esclarecer, então:

  • Dias da semana, meses e estações do ano (domingo, janeiro, inverno). Talvez essa seja uma das categorias em que mais confundimos a necessidade de minúscula ou maiúscula. Confesso que no caso da que vos fala, por exemplo, por conta da língua inglesa, que estudei bastante também e exige maiúscula nesses itens, frequentemente fico em dúvida ao escrevê-los em português;
  • Adjetivos pátrios e, consequentemente, os nomes das línguas derivadas destes adjetivos. Mais um item com o qual a autora que vos escreve se confunde, por conta da língua inglesa, que exige maiúscula. No português, no entanto, a minúscula é a regra (brasileiro, inglês, francês, espanhol, paulista, carioca);
  • Formas de tratamento (doutor, senhor, sua excelência);
  • Fulano, ciclano e beltrano. Apesar de representarem nomes indefinidos, os três devem ser grafados com letra minúscula;
  • Instituições e repartições, quando usadas como substantivos comuns (“Trabalhava em um ministério/secretaria bem organizado(a)”);
  • Profissões e cargos (desembargador, professor, duque, advogado, padre).

Situações Opcionais

situações em que podemos escolher usar letras minúsculas ou maiúsculas. São elas:

  • Nomes de ruas, avenidas, logradouros e lugares públicos (Praça das Bandeiras ou praça das Bandeiras, Rua Recife ou rua Recife);
  • Nomes de disciplinas escolares (Geografia ou geografia, Matemática ou matemática);
  • Nomes de livros ou títulos de textos. Neste momento, basta observar os títulos e subtítulos nesse artigo. Foram escritos com letra maiúscula em todas as palavras, mas as não iniciais poderiam ter sido escritas também com minúsculas. Ao mencionar nomes de livros ou textos em alguma produção escrita, a mesma regra vale (menos para as palavras do título que se encaixam nas regras obrigatórias de letras maiúsculas): O Pequeno Príncipe ou O pequeno príncipe, Memórias Póstumas de Brás Cubas ou Memórias póstumas de Brás Cubas;
  • Nomes de santos (São Francisco ou são Francisco, Santa Rita ou santa Rita).

Exemplos de Casos Especiais

Algumas palavras mudam de sentido dependendo de serem usadas com letra minúscula ou maiúscula.

  • Estado é usado com maiúscula quando se refere ao poder governamental de uma nação. Com minúscula, quando se refere aos estados do país: estado de São Paulo, estado de Minas Gerais;
  • Igreja é usada com maiúscula quando se refere à instituição histórica, especialmente à católica. É usada com letra minúscula quando se refere ao local/endereço físico de manifestação religiosa;
  • Os nomes das regiões brasileiras e, por extensão, os pontos cardeais, são grafados com letras minúsculas (região sudeste, direção leste). No entanto, quando a região do país é citada independentemente, deve ser grafada com maiúscula (“O Sudeste é a região mais populosa do país.”).

O que acharam do tópico desta semana? Lembravam-se de todos estes detalhes ou pelo menos da maioria? Quais outras dúvidas têm em relação a letras minúsculas e maiúsculas? Contem tudo pra gente nos comentários e até a próxima!

Acesse o portal InfoEnem e tenha acesso aos melhores conteúdos e informações sobre o Enem 2020!

Por quê, Porquê, Porque e Por que: aprenda a diferença entre cada um para não errar no Enem!

A língua portuguesa é de fato muito rica e por isso traz um grande número de possibilidades para algumas palavras e isso, às vezes, pode causar dúvidas aos falantes de seu idioma. Uma dessas dúvidas mais comuns está ligada ao uso dos “porquês”. Na fala não há motivo nenhum para preocupação, mas na hora da escrita em norma padrão quase sempre é feita uma consulta para saber a diferença entre um e outro e não fazer feio no texto.
https://infoenem.com.br/por-que-porque-porque-e-por-que-aprenda-a-diferenca-entre-cada-um-para-nao-errar-no-enem/

O que é SiSU?

É o sistema informatizado do MEC por meio do qual instituições públicas de ensino superior (federais e estaduais) oferecem vagas a candidatos participantes do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).
https://infoenem.com.br/como-funciona-o-sisu/

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Vanessa Christine Ramos Reck
Vanessa Christine Ramos Reck

Possui graduação em Letras - Língua Portuguesa pela Universidade Estadual de Campinas(2011). Tem experiência na área de Letras. http://lattes.cnpq.br/6444202678156917