Possibilidades para a Redação do Enem 2020: Transporte Público/Mobilidade Urbana

Dentre as muitas responsabilidades de um governo que recolhe impostos e deve retornar essa arrecadação à população na forma de serviços, está o transporte público. Apesar de não ser gratuito como no caso do SUS e da educação estadual, municipal e federal, o governo (especialmente o municipal) é responsável pela fiscalização e contratação deste serviço. No entanto, assim como nas outras áreas de responsabilidade do Estado, pelo menos no Brasil a mobilidade urbana é bastante problemática. Sendo assim, esse tópico torna-se um forte candidato a ser tema da redação do Enem 2020, por ser passível de propostas.

Inicialmente, é interessante reunir dados acerca da mobilidade urbana no país. Uma sugestão é concentrar-se em sua cidade. Descubra quais os meios de transporte regulamentados pela prefeitura: linhas de ônibus? Ciclovias? Metrôs? Trens de superfície? Bondes? E assim por diante…Pesquise também sobre a capital de seu estado, caso já não more nela. As capitais normalmente possuem as estruturas de transporte mais complexas, de maior variedade e maior número de passageiros. Com esses dados em mãos, é hora de entender os problemas. Há lotação excessiva em muitas linhas? Baixo investimento? Situação precária dos transportes? Poucas ligações e opções entre lugares mais distantes da cidade? Caso essas informações não estejam disponíveis inteiramente em sua cidade, muito provavelmente a capital do estado já terá maiores estudos, o que pode contribuir para exemplificar os problemas. Informações externas recolhidas, é hora de construir a argumentação.

No caso da mobilidade urbana em si, há uma opção bastante interessante para a introdução. O presidente Juscelino Kubitschek (que teve mandato de 1956 a 1961) investiu pesadamente no rodoviarismo no Brasil, o que fez com que caminhões virassem os maiores transportadores de carga do país e que os trens de superfície fossem pouco considerados para transporte de pessoas. Estudar esse período histórico pode contribuir muito para a argumentação em relação ao nosso país e dar uma contextualização histórica que explique o porquê de ainda utilizarmos majoritariamente um dos meios mais caros de transporte. Em seguida, para comprovar os efeitos da contextualização que acabou de trazer, é possível mencionar os problemas de sua cidade (ou da capital de seu estado) e estabelecer que um grande foco no transporte rodoviário (em detrimento de metrôs e trens, por exemplo) desenvolveu pouco formas variadas de mobilidade. Essa, no entanto, é uma das possibilidades, já que pode-se tratar do baixo investimento e/ou desvio de verbas que ocorrem no setor, sucateando o transporte público.

Seja qual for sua preferência de foco na argumentação, lembre-se sempre de que é necessário manter a coerência na proposta de intervenção também. Se manteve o desenvolvimento em torno das desvantagens do rodoviarismo, por exemplo, mostre soluções que envolvam uma dependência menor desse meio. No caso de um foco nos desvios de verba e baixo investimento, mencione o combate à corrupção e maiores investimentos no setor. Tudo isso muito bem detalhado e com viabilidade real, como sempre.

O que acharam da possibilidade de tema desta semana? Em sua opinião, o transporte público tem mais ou menos chances de aparecer do que outros temas dos quais já tratamos? Quais outros temas creem que podem aparecer? Contem tudo pra gente nos comentários e até a semana que vem!

Além das postagens sobre os temas de redação toda semana, você pode se preparar ainda mais para a prova de redação do Enem com o curso de redação Nota 1000 do portal InfoEnem! Você fará redações que serão corrigidas no mesmo modelo do Enem, e receberá comentários e dicas da nossa equipe! Clique aqui para saber mais sobre o curso de redação!

Acesse o portal InfoEnem e tenha acesso aos melhores conteúdos e informações sobre o Enem 2020!

Por quê, Porquê, Porque e Por que: aprenda a diferença entre cada um para não errar no Enem!

A língua portuguesa é de fato muito rica e por isso traz um grande número de possibilidades para algumas palavras e isso, às vezes, pode causar dúvidas aos falantes de seu idioma. Uma dessas dúvidas mais comuns está ligada ao uso dos “porquês”. Na fala não há motivo nenhum para preocupação, mas na hora da escrita em norma padrão quase sempre é feita uma consulta para saber a diferença entre um e outro e não fazer feio no texto.
https://infoenem.com.br/por-que-porque-porque-e-por-que-aprenda-a-diferenca-entre-cada-um-para-nao-errar-no-enem/

O que é SiSU?

É o sistema informatizado do MEC por meio do qual instituições públicas de ensino superior (federais e estaduais) oferecem vagas a candidatos participantes do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).
https://infoenem.com.br/como-funciona-o-sisu/

Manual do SISU e PROUNI

Manual do SISU e PROUNI

Receba gratuitamente

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

InfoEnem
InfoEnem

Portal InfoEnem - O portal mais completo do Enem. 10 anos abordando os principais assuntos do maior vestibular do país. - Artigos; - Notícias; - Apostilas; - Cursos On-line.