S ou Z?

Uma das dúvidas mais recorrentes na ortografia da língua portuguesa é a escrita de palavras com “s” ou “z” quando a pronúncia é a mesma (tanto quando há “s” com som de “z” quanto com o inverso). Felizmente, há algumas regras a serem analisadas que nos permitem saber quando devemos utilizar uma ou outra grafia. Vejamos cada uma dessas regras!

O uso de “s”

Use “s” quando as palavras forem derivadas de outras que sejam escritas com “s”:

  • aviso – avisar
  • posição – posicionar
  • peso – pesar – pesado
  • asa – asinha
  • liso – alisar

Use “s” em nacionalidades, adjetivos, origem ou título e profissão feminina:

  • inglês – inglesa
  • escandaloso(a)
  • duquesa, princesa
  • poetisa

Use “s” após o encontro vocálico ditongo (não se esqueça de conferir nosso artigo anterior de gramática para entender bem quando esse encontro ocorre):

  • coisa
  • mausoléu
  • pousada
  • lousa
  • náusea

Use “s” nos sufixos gregos “-ese”, “-isa” e “-ose”:

  • catequese, sudorese, diocese
  • sacerdotisa, poetisa, profetisa
  • glicose, metamorfose, virose

Use “s” nas conjugações dos verbos “pôr”, “querer” e seus derivados:

  • pusemos, puseram, pusesse, pusera, puséssemos
  • quis, quiser, quisesse, quisera, quiséssemos
  • repus, repusesse, repuséssemos

O uso de “z”

Use “z” em palavras derivadas de outras que já sejam escritas com “z”:

  • deslize – deslizar
  • realizar – realização
  • vizinho – vizinhança
  • raiz – enraizar

Use “z” nos sufixos “-ez” e “-eza” que estão em substantivos abstratos derivados de adjetivos:

  • dureza
  • moleza
  • timidez
  • sensatez
  • grandeza
  • pequenez/pequeneza

Use “z” no sufixo “-izar” em verbos:

  • atualizar
  • economizar
  • eternizar

Use “z” no sufixo “-ização” em substantivos:

  • atualização
  • realização
  • modernização
  • utilização
  • colonização

O que acharam do tema desta semana? Tinham muitas dúvidas em relação ao uso de “s” e “z”? Restou alguma questão? Deixem todas pra gente nos comentários e até a próxima!

Acesse o portal InfoEnem e tenha acesso aos melhores conteúdos e informações sobre o Enem 2021!

Por quê, Porquê, Porque e Por que: aprenda a diferença entre cada um para não errar no Enem!

A língua portuguesa é de fato muito rica e por isso traz um grande número de possibilidades para algumas palavras e isso, às vezes, pode causar dúvidas aos falantes de seu idioma. Uma dessas dúvidas mais comuns está ligada ao uso dos “porquês”. Na fala não há motivo nenhum para preocupação, mas na hora da escrita em norma padrão quase sempre é feita uma consulta para saber a diferença entre um e outro e não fazer feio no texto.
https://infoenem.com.br/por-que-porque-porque-e-por-que-aprenda-a-diferenca-entre-cada-um-para-nao-errar-no-enem/

O que é SiSU?

É o sistema informatizado do MEC por meio do qual instituições públicas de ensino superior (federais e estaduais) oferecem vagas a candidatos participantes do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).
https://infoenem.com.br/como-funciona-o-sisu/

Sobre o Autor

Vanessa Christine Ramos Reck
Vanessa Christine Ramos Reck

Possui graduação em Letras - Língua Portuguesa pela Universidade Estadual de Campinas(2011). Tem experiência na área de Letras. http://lattes.cnpq.br/6444202678156917